7 tecnologias que todo gestor de RH precisa conhecer - Cast group
BLOG
Recursos Humanos

7 tecnologias que todo gestor de RH precisa conhecer

5 de junho de 2019

Para que o gestor de RH tenha uma atuação estratégica, é fundamental que ele se preocupe cada vez menos com as tarefas operacionais. Ele também pode recorrer a uma série de tecnologias que ajudam a analisar dados e tomar decisões mais precisas, que contribuam significativamente para que a empresa atinja seus objetivos.

E o que não faltam são novas opções! A cada dia surgem alternativas que facilitam o trabalho desse time e permitem que a organização alcance um nível superior de performance. Quer saber quais são as tecnologias indispensáveis para o RH estratégico? Continue a leitura e confira nossa seleção?

1. Sistemas de folha de pagamento integrados

Os softwares que realizam as atividades relacionadas à folha de pagamento já não são uma novidade no mercado. No entanto, ainda há muitas empresas que utilizam sistemas não integrados a outras tarefas do RH, o que dificulta a coleta e análise de dados, bem como a geração de relatórios úteis para a tomada de decisões estratégicas.

O sistema integrado pode ainda favorecer o setor com ganhos de velocidade nas atividades e economia, acabando com desperdícios e erros, enriquecendo seus recursos, independente da complexidade do seu setor.

2. Controle de ponto eletrônico

Assim como a folha de pagamento, o controle de ponto eletrônico por meio de ferramentas que se integram automaticamente ao sistema do RH é outra tecnologia extremamente útil para o RH.

Existem sistemas de biometria fazem um controle preciso da presença dos colaboradores. Também há aplicativos que permitem esse registro por meio do GPS do smartphone dos funcionários. Eles são eficientes para coletar os dados dos trabalhadores internos e remotos. Os dados são enviados automaticamente para a composição da folha de pagamento, reduzindo a carga de trabalho do RH.

3. Registro eletrônico de colaboradores

As empresas precisam manter a documentação dos trabalhadores de forma segura, atualizada e organizada. Porém, esses registros ocupam um grande espaço físico, além de exigirem todo um cuidado com o armazenamento.

Uma excelente opção é tornar o registro de colaboradores eletrônico. A documentação pode ser armazenada na nuvem, o que traz uma série de vantagens.

O principal benefício é que as pessoas autorizadas conseguem acessar informações sempre que necessário e de forma segura. A empresa também não precisa destinar um espaço físico à manutenção dos registros e nem corre o risco de extraviá-los ou danificá-los em eventuais desastres.

4. Plataformas de recrutamento e seleção

Esse é outro recurso que poupa tempo do setor de RH e contribui para a realização de contratações certeiras. As plataformas usam tecnologias que filtram automaticamente os candidatos e fornecem ao responsável pela seleção uma lista que possui apenas os profissionais com requisitos mínimos estabelecidos para o cargo.

Além disso, é possível realizar uma série de testes remotos. Antes de chegarem a níveis mais avançados do processo seletivo, os candidatos precisam responder perguntas sobre conhecimentos técnicos, nível de domínio de línguas, perfil comportamental, entre outros.

Portanto, se essas tecnologias permitem que um candidato chegue a etapas como dinâmicas e entrevistas, a equipe responsável pela contratação tem certeza de que ele atendeu alguns critérios essenciais. A partir desse ponto, ela pode focar em procedimentos para avaliar qual deles possui um conjunto de competências mais significativo para produzir os resultados que a empresa deseja.

5. Análise de perfil comportamental

Atualmente, sabe-se que o perfil comportamental de um profissional é tão ou mais importante que seu conhecimento técnico. Ele é um fator determinante para que o indivíduo tenha um bom desempenho em sua função ou consiga se integrar à cultura organizacional.

Existem softwares que permitem obter esse perfil com precisão, fazendo com que o RH conheça rapidamente não só os candidatos a uma vaga, mas também os profissionais que já fazem parte de seus quadros.

As tecnologias que auxiliam a empresa a solucionar diversos problemas internos. Um deles é a alocação de seus recursos humanos às funções compatíveis com seus perfis. Outra possibilidade é identificar pessoas com maior aptidão à liderança, a exercer um papel disruptivo, e assim por diante.

Como resultado, as empresas costumam ter resultados como contratações mais efetivas, aumento na produtividade, redução no tempo de ociosidade de determinados cargos. Além disso, elas têm uma diminuição do turnover, pois conseguem aproveitar melhor seus talentos e retê-los na organização.

6. Tecnologias de análise de dados

Finalmente, vamos falar das tecnologias de análise de dados. Conceitos como Business Intelligence e Big Data estão chegando ao setor de RH e revolucionando a gestão de pessoas.

O Big Data, por exemplo, é responsável por coletar, organizar e cruzar uma série de informações. Os relatórios que esse tipo de tecnologia oferece permite que o RH analise a performance dos colaboradores, identifique lacunas de conhecimento e proporcione programas de treinamento específicos para atender essas necessidades.

Portanto, ele transforma dados em uma solução efetiva para melhorar a lucratividade da empresa. Um treinamento direcionado a necessidades críticas consequentemente faz com que o retorno sobre o investimento (ROI) se torne muito maior.

Esse é apenas um exemplo que mostra de quer forma tecnologias como o Big Data e Business Intelligence proporcionam insights relevantes para os gestores. Elas podem, inclusive, antecipar tendências de mercado.

7. Plataformas de treinamento online

Dificilmente um treinamento unificado traz o conteúdo que os colaboradores precisam para melhorar sua performance individual. Para alguns, a maior dificuldade para obter um bom desempenho é a necessidade de atualizar conhecimentos técnicos. Para outros, pode ser desenvolver habilidades específicas para a gestão de pessoas, projetos ou recursos.

As plataformas de treinamento online permitem essa individualização. O gestor de RH tem a chance de identificar quais são as necessidades de um único colaborador ou equipe a partir da avaliação de desempenho. A partir dessa constatação, ele disponibiliza o programa mais adequado para cada funcionário, solucionando gaps de conhecimento que atualmente interferem nos resultados individuais e coletivos.

A partir do momento em que os gestores conhecem essas tendências, eles têm a oportunidade de configurar seus quadros para atenderem melhor a essas demandas. Com isso, a empresa consegue preparar seus colaboradores — por meio de contratações ou capacitações — para lidar com esses novos desafios antes de seus concorrentes, o que proporciona um diferencial competitivo importante.

E então, você já conhece e usa essas tecnologias para tornar seu setor de RH realmente estratégico? Quer entender melhor como a Inteligência de Negócios pode ampliar a capacidade de sua organização e torná-la mais competitiva? Faça o download gratuito do nosso e-book sobre Business Intelligence e saiba mais sobre o tema!



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS