As 5 principais tendências para a indústria em 2022
BLOG
Inovação

As 5 principais tendências para a indústria em 2022

19 de novembro de 2021

As tendências para a indústria em 2022, como esperado, seguem a premissa do investimento tecnológico e da democratização digital. A tão falada indústria 4.0 ainda não é uma realidade consolidada em alguns países (principalmente no Brasil) e a ideia é que esse cenário mude de uma vez por todas, seguindo alguns fatores que seguirão fortes. 

Inclusive, já citamos que a urgência para a transformação da indústria é tão grande, que já se fala até mesmo na Quinta Revolução Industrial, quando a tecnologia se fundirá de vez à responsabilidade social, criando uma sociedade melhor para todos.

A inclinação lógica para o ano que vem e os próximos será buscar estratégias que visem eficiência e, ao mesmo tempo, tornar a entrega mais personalizada.

Entenda quais são os principais pontos de atenção que os executivos devem ter para conseguir contornar as adversidades e criar um ambiente sólido e sustentável para manufatura no futuro próximo e a longo prazo.

Tendências para a indústria em 2022

Com o advento da pandemia do novo coronavírus, é fato que as empresas precisaram se readaptar à uma nova realidade. Enquanto alguns setores da indústria (como o de bebidas e embalagens, por exemplo) tiveram crescimento e alta demanda, outros foram fortemente prejudicados.

O ponto em comum, no entanto, é o de que não existe caminho fácil para o crescimento e adaptação às mais diversas circunstâncias. O país precisa de investimento sólido e incentivos, mas as companhias também devem fazer sua parte.

Direcionar recursos para melhorias de processos, ganhos de produtividade e retorno sustentável é algo imprescindível não só aprimorar os gastos, mas também se tornar relevante para consumidores cada vez mais exigentes.

Confira então quais serão os pontos de destaque, inevitáveis ao setor manufatureiro no próximo período.

Automação industrial

Não há outra saída: muito em breve, indústrias de todos os portes deverão se render à automação industrial, que trabalha em conjunto com a mão de obra humana para sanar erros, melhorar as atividades e ganhar tempo. 

Atualmente, inúmeras tarefas mecânicas já são feitas por máquinas, auxiliando o processo tático e melhorando a experiência dos clientes com as marcas. Isso acontece porque a automação permite traçar projetos assertivos, controlados e ágeis.

Há diversos sistemas de automação que podem transformar seu negócio e criar margem para imprevistos e também expansão, não deixe de conferir!

Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial já marca presença em grande parte das empresas, mas deverá ser aprimorada, prevendo padrões e criando relações mais profundas com os clientes.

Ela ajuda a concentrar, analisar e fazer uso adequado de uma enorme quantidade de dados, o que seria humanamente impossível ou em alguns casos, levaria uma infinidade de tempo para processar.

Ela está intimamente ligada à criação de padrões importantes e promete ser um ativo importante na construção de cidades inteligentes, outra forte tendência social que devemos experimentar em breve.

Internet das Coisas Industriais

A Internet das Coisas (ioT) conecta dispositivos à internet, permitindo a produção fazer controle remoto das operações e antevendo problemas em geral. Esse fator por si só já gera um grande ganho, pois aborda a manutenção preventiva.

Existem inúmeros tipos de sensores, que podem controlar o clima, criar inventários para coordenar a cadeia de suprimentos, monitorar colaboradores e evitar acidentes, entre outros.

A tecnologia garante a qualidade das tarefas e a padronização.

Impressão 3D

A impressão 3D faz parte da manufatura aditiva e passa a ser amplamente utilizada em vários setores da manufatura. 

Basicamente, hoje em dia ela é usada para criar protótipos, o que já por si só reduz muito os custos e prazos de produção. 

Contudo, a previsão é que a partir do ano que vem, ela atue de forma mais customizada, atendendo aos clientes finais, gerando peças de reposição de acordo com a demanda e até mesmo elaborando o primeiro carro impresso na tecnologia.

As vantagens são a melhoria de design em geral, redução de desperdício e utilização de materiais mais baratos, além do aprimoramento de velocidade produtiva.

Cibersegurança

De encontro com a nova realidade que a tecnologia proporciona, vem a preocupação com a segurança de dados importantes e estratégicos na sociedade em geral. 

O mesmo acontece com a indústria, que deve se preparar para prevenir e eliminar ataques cibernéticos, garantindo o sigilo de suas informações e também das de seus principais clientes.

Energia renovável

Ainda, o uso de energias renováveis é uma das principais tendências para a indústria em 2022. De certa forma, esse é um dos setores que mais consome fontes energéticas, gerando um gigante impacto no meio ambiente e no aumento do efeito estufa.

Logo, soluções como a energia solar e outras fontes mais sustentáveis trarão não somente economia direta, como também criarão melhores relações com a sociedade, que passou a exigir uma postura sustentável por parte das empresas.

De olho no futuro

Sendo assim, percebemos a adequação por parte da indústria a pelo menos uma parte da grande quantidade de tecnologias que surgiram no decorrer dos últimos anos é urgente. 

Apenas assim a manufatura vai conseguir se manter competitiva, tanto dentro dos próprios segmentos, quanto internacionalmente.

Conte com a Cast group, especialista no mercado de gestão empresarial com mais de 30 anos de experiência e diversos clientes expressivos no ramo de manufatura, para ajudar no processo de digitalização e consolidação da inovação da sua indústria, independentemente do porte que ela tiver.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS