As metodologias ágeis na Cast group: o segredo da alta performance em tempos de crise
BLOG
Inovação

As metodologias ágeis na Cast group: o segredo da alta performance em tempos de crise

5 de maio de 2020

Você já deve estar cansado de ouvir falar no COVID-19, o novo coronavírus, não é mesmo? Afinal, se ligarmos a TV, acessarmos as redes sociais, lermos jornais ou acessarmos qualquer mídia, somos bombardeados de informações sobre o tema. Porém, são poucos os veículos que tentam explicar como ter uma alta performance em tempos de crise.

Isso é muito importante para o meio empresarial, tendo em vista que a crise do coronavírus não é apenas relacionada à saúde pública, mas também à economia. Na verdade, existe uma linha tênue que separa essas duas áreas. Conforme avançamos para solucionar um problema, o outro pode se agravar.

Aqui na Cast group, os impactos negativos da crise são sentidos com menor intensidade, tendo em vista que já adotamos o uso de metodologias ágeis no nosso dia a dia. Siga a leitura e entenda!

Entenda o que são e como surgiram as metodologias ágeis

As metodologias ágeis surgiram da necessidade de criar uma forma alternativa ao gerenciamento tradicional de projetos. Inicialmente, isso foi realizado no setor de softwares, mas logo se disseminou para as mais diversas áreas da economia.

Antes da implementação das metodologias ágeis, as etapas dos processos eram muito longas. Também era comum que as equipes não fossem tão alinhadas e que não se tivesse clareza sobre as atividades que eram exercidas  por cada membro.

Com as metodologias ágeis, que são desenvolvidas na rotina da Cast group, é possível ter uma alta performance em tempos de crise.

É claro que todas as empresas sentirão os impactos da pandemia do coronavírus, porém, aquelas que já adotam métodos de trabalho como o Scrum e o Kanban saem na frente e têm mais “armas” para enfrentar a situação.

Isso acontece porque as empresas que já têm uma cultura organizacional embasada na filosofia dos métodos ágeis, conseguem se reinventar mais facilmente. Com esse tipo de metodologia fica muito mais fácil de migrar o trabalho do escritório da companhia para o home office, por exemplo.

Veja como os métodos ágeis podem contribuir para a alta performance em tempos de crise

A crise causada pelo coronavírus é sem precedentes na história recente. Estamos vivendo algo completamente novo, que não foi visto por nossa geração. Nossos antepassados viveram crises parecidas, como a da gripe espanhola, mas para nós isso é algo que está registrado nos livros de história apenas. Não se trata de uma situação que saibamos exatamente como enfrentar. É isso que causa medo e pânico em muitos empresários.

As metodologias ágeis podem atuar justamente nesse sentido. Mais do que nunca os prazos são curtos e as respostas dos usuários são mais importantes do que o escopo inicial dos projetos. Isso faz com que esse tipo de método se torne interessante, para promover prazos reduzidos, baixo custo e a possibilidade de mudanças, sem que sejam causados grandes impactos no planejamento inicial.

Com a utilização desses métodos, o ciclo de trabalho é consideravelmente menor num projeto que está sendo executado. De tal modo, as entregas são mais frequentes e previsíveis, tornando o trabalho como um todo mais organizado e mais fácil de ter os resultados mensurados. Os indicadores do negócio também se tornam mais precisos, promovendo melhorias diretas na otimização de processos.

Confira exemplos de metodologias ágeis que podem ajudar o seu negócio na pandemia do coronavírus

Assim como a Cast group, a sua empresa também pode apostar nas metodologias ágeis para seguir operando, mesmo com as limitações que são necessárias para reduzir a curva de contaminações de pessoas pelo coronavírus.

Entre os métodos ágeis mais interessantes de serem trabalhados estão o Scrum e o Kanban. A seguir, falaremos brevemente sobre cada um deles.

Scrum

O método Scrum é um framework utilizado para se trabalhar com projetos complexos. Nessa forma de trabalho, tudo é realizado a partir de pequenos ciclos de atividades dentro de um projeto.

Esses ciclos recebem o nome de Sprint e são compostos pela quantidade de tempo que uma atividade tem para ser concluída pelo time.

A ideia do Scrum é que o trabalho em equipe possa ser potencializado, uma vez que todos têm participação importante na condução das atividades.

Kanban

O método Kanban foi desenvolvimento pela empresa Toyota, na década de 1960. De lá para cá ele foi se desenvolvendo e hoje é base para diversos softwares de gestão de tarefas, como o Trello.

Ele funciona por meio da utilização de cartões ou post-its, que são visíveis por todos que fazem parte de um projeto. Os cards podem ser trabalhados em diferentes cores e organizados em colunas, que representam o profissional ou setor que precisa conduzir tal atividade.

Com o Kanban é possível ter uma alta performance em tempos de crise, tendo em vista que o gestor e todos os profissionais envolvidos nas atividades podem acompanhar o fluxo de trabalho, mesmo a distância.

Ao utilizar metodologias desse tipo, as empresas podem ter mais facilidade para gerir as equipes a distância. Logo, fica mais simples de atuar em home office, algo que é fundamental e recomendado pelas autoridades de saúde, para evitar os altos picos de contaminação pelo coronavírus.

Esperamos que nosso artigo tenha sido útil para que você entenda mais sobre o que são e como utilizar as metodologias ágeis. Assim, será mais fácil de manter uma alta performance em tempos de crise.

A inovação é necessária para enfrentarmos situações difíceis. Saiba mais sobre o tema em nosso artigo que explica como conduzir um processo inovador centrado no ser humano.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS