As principais tendências em inovação e tecnologia para 2021
BLOG

As principais tendências em inovação e tecnologia para 2021

26 de abril de 2021

Com a transformação digital completamente acelerada devido à crise sanitária que enfrentamos, as tendências em inovação e tecnologia para 2021 são basicamente reflexo das necessidades impostas por uma sociedade que passa por remodelação em vários setores.

Entenda qual deve ser o futuro (próximo) para diferentes segmentos e como se adequar à nova realidade.

Tendências em inovação e tecnologia em 2021

Desde recursos tecnológicos até o setor público, as tendências em inovação e tecnologia não devem deixar praticamente ninguém – ou nenhuma empresa – de fora. Confira:

  • Trabalho e flexibilização

Com o uso contínuo do teletrabalho, muitas companhias entenderam que é possível sim, aliar produtividade à distância. Outro aspecto importante é a economia gerada com a adoção.

Por exemplo, no final de 2020 o Ministério da Economia afirmou ter economizado nada mais, nada menos do que R$1 bilhão de reais seguindo o modelo.

Sendo assim, é muito provável que, mesmo no cenário pós pandemia, as empresas adotem sistemas híbridos ou permitam que alguns departamentos façam o trabalho remoto.

Para isso, é necessário investir de forma contundente em tecnologias que permitam o melhor desempenho para os colaboradores. Especialistas afirmam que em breve teremos interfaces que integram basicamente todos os recursos (videochamadas, whiteboard, realidade aumentada, agendas, entre outros) para garantir o menor ruído e a melhor experiência possível.

Essas tecnologias emergirão rapidamente, com velocidade, custo e escala muito mais comercialmente interessantes.

Isso favorecerá não somente as grandes empresas, como também prestadores de serviços, como palestrantes ou educadores físicos, por exemplo.

  • Sociabilidade

Uma vez que foram praticamente arrancadas de nós pela crise sanitária, as interações sociais ganham outro patamar de importância.

As tendências em tecnologia e inovação vêm como forma de possibilitar contato ainda mais simplificado, com experiências sensoriais apuradas visando suprir o gargalo que sofremos. As interações móveis passaram a ganhar força e devem ser cada vez mais comuns, atingindo inclusive mais globalização.

Além disso, quanto mais facilidade os recursos nos trouxerem, mais tempo útil teremos para dividir com nosso círculo de familiares e amigos, o que se tornou uma das maiores prioridades após a crise.

  • Velocidade e recursos tecnológicos

A fim de garantir todo esse processo de transformação e melhoria para a sociedade como um todo, as empresas de telefonia e tecnologia devem finalmente entregar a tecnologia 5G de forma mais abrangente, permitindo que empresas e funcionários se conectem de forma mais satisfatória e rápida.

Segundo Caroline Chan, VP e gerente geral da área de Infraestrutura 5G da Intel, diversos CIOs garantiram que investirão entre 5% e 10% a mais em tecnologia, o que demonstrará o impacto que a boa conectividade tem nas empresas.

Ainda, veremos recursos de Inteligência Artificial por todos os lugares. Mais inteligentes e direcionados para nos ajudar desde as tarefas domésticas até nossas experiências executivas, a AI deve dominar os aplicativos com força total em 2022. O aprendizado, a facilidade e a personalização seguem como principais tendências para que tenhamos experiências únicas e melhores a partir daqui.

Ao mesmo tempo, outro recurso muito citado é o de XaaS (Everything as a Service), que fornece serviços de forma descentralizada pela internet, via nuvem e sob demanda. Principalmente em termos de flexibilidade e capacidade de expansão, essa também é uma tendência que será amplamente utilizada.

  • Saúde mais acessível

No último ano, observamos como a tecnologia ajudou o setor de saúde a entrar em contato com a população e administrar melhor tanto a crise vivida, quanto seus próprios recursos.

Após superarmos o vírus, é muito provável que as teleconsultas, a AI e outros recursos tecnológicos ajudem a área médica a ter um contato mais eficiente e produtivo com seus clientes e pacientes.

Assim, a população ganha em termos de experiência, atendimento e informação, enquanto as clínicas e centros hospitalares também, reduzindo em grande parte o ruído entre as partes.

  • Eficiência logística

Em relação ao consumo, também houve mudanças. Segundo o índice MCC-ENET 2020, o e-commerce brasileiro cresceu 73,88% em relação a 2019: reflexo do fechamento de lojas e da preocupação com o distanciamento social.

Com isso, milhões de pessoas descobriram uma nova forma de consumir, o que levou as empresas a se desdobrarem para atender de forma ainda melhor esse público, aproveitando a oportunidade.

Sendo assim, a tendência para o setor logístico é diminuir ainda mais as distâncias, tornando as compras muito mais rápidas e a experiência do consumidor muito melhor. Como o benefício de frete grátis também foi decisivo para gerar 43% das vendas, cabe às empresas entender a melhor forma de reduzir custos e otimizar as entregas.

Há tempos, a realidade de entregas na China é, em boa parte dos casos, receber um produto no mesmo dia em que foi comprado. A expectativa é que aqui as empresas avancem cada vez mais nesse sentido.

  • Privacidade aprimorada

Com tantas inovações, a privacidade é uma preocupação recorrente. Dentre as principais discussões das tendências em inovação e tecnologia para 2021, estão melhorar o ambiente digital, exigindo das empresas certificações mais robustas, criptografia de ponta a ponta e ao mesmo tempo, que respeitem de uma vez por todas o consentimento de dados.

Novos modelos de governança de informações devem surgir, além de estar no radar das empresas o aumento em investimentos de cibersegurança (especificamente no setor bancário). Assim, o Brasil pretende sair do posto de segundo maior país com perdas financeiras por ataques cibernéticos.

  • Mais agilidade e modernidade no setor público

Por fim, o setor público também deve se modernizar globalmente. De acordo com o Gartner, até 2025 cerca de 50% das agências governamentais devem investir em recursos para melhorar e agilizar seus processos.

Em linhas gerais, a expectativa é usar a tecnologia de forma modular, para garantir mais expansão, centralização de dados e eficiência. 

Inclusive, a empresa cita até a adoção de um padrão de identidade digital e global dos cidadãos, o que deveria surgir por volta de 2024. 

A ideia é usar cada vez mais a inovação para tornar a integração entre os setores e até mesmo países mais intuitiva e menos burocrática.

A gestão modular de empresas em foco

De acordo com as previsões, fica evidente que o uso de dados em nuvem e que a capacidade de adaptação é o foco para empresas. 

Com os consumidores se tornando mais exigentes e carentes de um bom atendimento, será preciso entender o momento, se preparar para novas crises em potencial e ter plena capacidade de reverter quadros desfavoráveis com agilidade.

Logo, investir nas tendências de inovação e tecnologia não é algo que será mais visto como um custo a mais, e sim um investimento para ter mais controle sobre as operações e processos, otimizando assim muito dos custos e do tempo.

Para contar com o que há de mais seguro e moderno em gestão empresarial, conte com a Cast Group, que com seus mais de 450 clientes ao longo de 30 anos de experiência, é especialista em tecnologia e inovação.

Entre em contato conosco e conheça nossos sistemas modulares por departamento e integrados.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS