Como as pequenas empresas devem se preparar para vender no mercado digital?
BLOG
Inovação

Como as pequenas empresas devem se preparar para vender no mercado digital?

3 de agosto de 2021

As vendas digitais já fazem parte de grande parte das operações das pequenas empresas, que viram a necessidade de inovar e criar alternativas para atender seus clientes. Cabe aos empreendedores avaliar qual a melhor forma de viabilizá-las.

Afinal, a urgência se reflete em números: somente no primeiro trimestre de 2021 houve aumento de 72,2% no faturamento e mais de 57% no volume de vendas do e-commerce brasileiro, em relação ao mesmo período de 2020. A soma totalizou cerca de R$ 35,2 bilhões, de acordo com dados da pesquisa da Neotrust.

O potencial é imenso, mas exige adaptações, paciência e muito estudo para representar sucesso e alavancar um negócio. 

Não existe fórmula perfeita, uma vez que cada nicho conta com suas particularidades. No entanto, algumas atitudes são necessárias a todas as pequenas empresas que desejam ingressar no mercado digital.

Confira as dicas que nossa equipe de inovação selecionou para que você amplie sua área de atuação.

Como estruturar uma pequena empresa para venda online?

Nós sabemos que aderir às vendas online pode ser desafiador para a maior parte dos pequenos empreendimentos. 

Alguns dados revelam que as companhias brasileiras ainda estão em um estágio muito inicial de digitalização, isso quando já iniciaram o processo.

Mas não há dúvidas que, quem deseja manter a competitividade e atividade no mercado, precisa se preocupar (e com urgência) em correr atrás do prejuízo e da evolução corporativa.

Portanto, veja como a mentalidade dos executivos deve ser direcionada e em como começar o desenvolvimento digital.

  1. Busque conhecimento em gestão

Frequentemente, observamos que muitos dos empreendedores começam apenas com a cara e a coragem de fazer um sonho dar certo. A princípio, focam totalmente nas ações para que seus planos deem certo e deixam para segundo plano (ou momento futuro) o domínio técnico.

Esse erro é comum e deixa passar grande parte das estratégias que deveriam envolver um negócio. A especialização em ferramentas de gestão e compreensão de todas as frentes transacionais traz embasamento para identificar e colocar em práticas as melhores soluções para o seu caso.

Logo, invista em conhecimento e em técnicas de administração!

  1. Seja especialista no seu segmento

Na mesma linha de pensamento, é obrigatório estudar a fundo o seu ramo empresarial. Busque por dados mercadológicos, variações ou impactos econômicos que afetam as pequenas empresas, bem como seus concorrentes estão se comportando digitalmente.

Englobe tudo o que for possível analisar para que você compreenda o cenário macro e tome as decisões assertivas.

  1. Entenda e priorize seu público

Ao mesmo tempo, vivemos em tempos em que o foco no cliente é total. Afinal, são os consumidores que determinam o sucesso (ou não) dos empreendimentos. 

Se você quer se preparar para as vendas online, é imprescindível observar o comportamento do público: como, onde e porque consomem os produtos e serviços. 

É por meio dessa investigação profunda que você conseguirá insights preciosos do que precisa ser adaptado e de que maneira.

  1. Faça um bom planejamento

A dica de ouro, que como dissemos anteriormente, costuma ser negligenciada, é fazer um bom planejamento. 

Apesar de necessária, a transformação digital não é simples, pois envolve criar ambientes e estruturas que não existiam antes para atender online.

Esse estágio também demanda a elaboração de metas e objetivos de negócio, que devem considerar a evolução digital.

Liste tudo o que você detectou nos problemas e potencialidades e crie soluções viáveis e alternativas inteligentes, considerando o mercado, os clientes e suas próprias expectativas.

Aliás, nesse ponto é provável que você precise contar com a ajuda de especialistas ou suporte tecnológico para viabilizar o que projetou.

  1. Organize os processos

Provavelmente, você já está imaginando que a transformação digital não é tão simples como você (possivelmente) supunha, certo?

De fato, ela envolve ordem, disposição e propósito para que não haja desperdício de tempo e dinheiro.

Nesse momento, é fundamental contar com a ajuda da tecnologia para conseguir arcar com todos os desdobramentos, tarefas e atividades que envolverão esse novo passo.

Hoje em dia, o volume e complexidade das informações é muito grande para os gestores lidarem de forma separada ou manual.

Nesse sentido, um sistema de gestão empresarial é uma excelente alternativa, já que engloba todos os aspectos (logística, finanças, estoque, vendas, recursos humanos) e ajuda a centralizar todos os dados em um só lugar.

Ainda, traz relatórios super intuitivos e pode ser acessado 24 horas por dia, 7 dias na semana e de qualquer dispositivo caso seja hospedado em nuvem.

Nossa dica é o SAP Business One: ele tem todas as funções indispensáveis para realizar suas vendas digitais, é simples e também cabe no seu bolso. 

Conte com a ajuda da Cast Group, empresa especialista nesse mercado há mais de três décadas – nós teremos satisfação em adequar a solução para o seu caso e personalizar o que for preciso!

  1. Ajuste o que for necessário 

Por último, a flexibilidade deve fazer parte do vocabulário de quem quer ingressar nas vendas online, sobretudo as pequenas empresas. Nem sempre se acerta nas primeiras tentativas, mas em um mercado dinâmico e imenso como o nosso, agilidade e resiliência fazem toda a diferença.

Permita-se adaptar o que não está dando certo e aprenda diariamente: nos estudos, em pesquisas com os clientes ou mesmo nos erros.

Temos certeza que, com um pouco de esforço e seguindo essas diretrizes, você encontrará o melhor caminho para ampliar os horizontes da sua empresa! 

  1. Avalie a produtividade

À medida que a operação digital começa, é preciso olhar constantemente para o andamento das etapas. Isso inclui os relatórios de vendas, custo de insumos e tempo gasto em cada etapa, a fim de garantir eficiência máxima.

Muitas vezes os empreendedores perdem oportunidades valiosas por insistirem em um determinado produto, serviço ou abordagem em vez de focar no que realmente traz receita.

Sendo assim, foco em otimizar os recursos ao máximo e investir no que tem potencial!

Conte com a Cast Group na parceria de tecnologia e inovação e veja mais dicas de gestão empresarial no nosso blog.

 



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS