Como criar uma estratégia de employee experience na organização? - Cast group
BLOG
Recursos Humanos

Como criar uma estratégia de employee experience na organização?

4 de setembro de 2019

Employee experience trata-se de uma visão abrangente do relacionamento entre o indivíduo e a organização — do processo de seleção até o seu desligamento. No entanto, como as empresas são únicas, essa experiência não é estática.

É enorme a diversidade de experiências vividas nessa jornada. Por esse motivo, as empresas buscam entender os motivos que levam cada profissional a querer e a precisar trabalhar com elas.

Na tentativa de promover uma employee experience positiva, historicamente, muitas organizações acabam direcionando esforços apenas para a própria cultura. Embora faça parte da experiência do colaborador, isso é apenas um terço do que deve ser feito.

Continue a leitura e veja como criar uma estratégia de employee experience em sua organização para baixar o turnover e aumentar a performance!

Compartilhe os valores essenciais da organização

A força de trabalho quer fazer parte de algo importante e valioso. Cada colaborador deseja alinhar seus valores aos da organização, sentindo-se valorizado porque contribui positivamente com os resultados.

Compartilhe os principais valores da empresa, mas não os confunda apenas com aqueles termos que são divulgados no site institucional ou na intranet da companhia. Os valores devem ser os que impulsionam todas as interações no dia a dia da organização.

Estimule o senso de unidade, valorize a diversidade e, principalmente, como cada indivíduo contribui com o todo. Isso pode ser feito em pequenas ações no dia a dia, como em um feedback.

Dinâmicas, gamificação, incentivos, reconhecimentos e educação corporativa são outras maneiras de compartilhar os valores essenciais de sua empresa.

Ouça o que os colaboradores têm a dizer

Se o único feedback que você recebe dos funcionários é a impressão que eles têm ao sair de sua empresa, você está cometendo um erro gravíssimo.

O feedback é um processo de duas vias. Sua empresa direciona os colaboradores e eles também podem indicar os pontos fortes e fracos da organização.

Promova uma comunicação mais horizontal, honesta e transparente para ter contato com as pessoas e, consequentemente, fazer com que a empresa cresça. A chave está nas perguntas que podem ser feitas no dia a dia. Alguns exemplos:

  • Como está o seu projeto?
  • O que está indo bem e o que não está funcionando?
  • Quais aspectos dificultam a realização?
  • O que você precisa para alcançar seu objetivo?

Você pode ir além e incentivar o diálogo:

  • Como eu posso ajudar?
  • De que forma consigo apoiá-lo?
  • O que a empresa deve fazer de diferente no próximo projeto?

Essas frases indicam uma conversa aberta, algo que demanda tempo, mas que é importante para a melhoria da performance da empresa. Avaliações de desempenho, pesquisas de satisfação e discussões em equipe são outras formas de extrair essas informações e contribuir positivamente com sua employee experience.

Não esconda as expectativas e deixe-as bem claras

Sua empresa não alcançará o que deseja se não compartilhar as expectativas que possui. Engajar colaboradores é um desafio e, sem uma comunicação clara sobre o que é esperado, não há o alinhamento necessário que viabiliza os resultados.

Adote um estilo de comunicação que seja bom para todos, mas respeitando as limitações de cada indivíduo. Metas e objetivos são padrão, contudo, você lida com pessoas e sabe que elas não devem ser geridas da mesma maneira. Defina papéis e objetivos, comunicando as responsabilidades de cada um.

Evite sobrecarregar os colaboradores

Atente-se à maneira como o trabalho é dividido entre os colaboradores. Algumas lideranças tendem a aumentar a carga de trabalho de seus melhores membros porque entregam os resultados desejados.

A curto prazo, a alta produtividade será vista como positiva. No entanto, em longo prazo, os colaboradores tenderão a ficar desmotivados, principalmente se não estão recebendo um valor proporcional ao esforço feito, prejudicando a employee experience.

Profissionais entendem que, de vez em quando, é normal aumentar o ritmo de trabalho. O problema acontece quando isso se torna frequente por causa de demissões constantes ou falta de investimento em tecnologia.

Aprimore suas políticas salariais e de benefícios

Sua empresa não precisa pagar o maior salário do segmento para alcançar uma employee experience positiva, mas deve oferecer uma remuneração justa e, obviamente, compatível com o mercado.

Invista também em uma boa gestão de benefícios a partir de um plano estruturado em conformidade com as necessidades dos colaboradores. Esses benefícios devem ser dimensionados para contribuir com os objetivos pessoais e profissionais de todos.

FGTS, Vale-Transporte, Férias e Décimo Terceiro Salário são benefícios obrigatórios, portanto, não os divulgue como um diferencial oferecido por sua empresa para os trabalhadores que entrarão pelo regime da CLT.

Ofereça um ambiente de crescimento e valorização

O ambiente de trabalho que valoriza pessoas e proporciona o crescimento delas é essencial para o sucesso do seu negócio. Quando o clima é descontraído, tudo flui melhor. No entanto, nesse ambiente, cada indivíduo deve confiar no outro para que juntos lutem pelos objetivos e propósitos da organização.

A confiança deve ser estabelecida em todas as vias, ou seja, a empresa deve confiar em seus colaboradores — algo que pode ser obtido por meio de uma comunicação mais aberta, transparente e sistêmica, neste caso a utilização de uma aplicação pode acelerar esta comunicação. Promova o respeito mútuo e reconheça quem se destaca. Ofereça apoio para o desenvolvimento profissional de seus colaboradores para que eles continuem crescendo dentro da organização — reduzindo o turnover.

Invista nos processos de seleção e recrutamento

Novas tecnologias otimizaram o relacionamento entre recrutadores e candidatos. Também mudaram a maneira como as empresas enxergam seus colaboradores.

Cada profissional é, além de recurso humano, parceiro, gerador de ideias e empreendedor interno que contribui com o crescimento do negócio. Investir em processos de seleção e recrutamento, portanto, é uma forma de adquirir talentos com esse potencial.

Defina um perfil ideal para cada área da companhia. Utilize a tecnologia para ajudar na avaliação dos candidatos — processo que deve ultrapassar os limites da análise do currículo. Envolva todas as áreas da empresa para identificar quais são as competências e habilidades desejadas e, baseado nisso, faça descrições que explicitam as características que sua empresa necessita.

Acompanhe o ciclo da employee experience

Utilize um sistema de gestão em recursos humanos para acompanhar a employee experiente e maximizar o potencial da força de trabalho.

Identifique os pontos fortes e fracos tanto de indivíduos quanto de equipes inteiras. Evite perdas financeiras e otimize os processos, tornando seus colaboradores mais bem preparados e produtivos.

Com o auxílio de um sistema de gestão de RH, sua empresa terá a capacidade de agrupar todos os pontos levantados até aqui, ter insights a partir das informações obtidas e criar uma estratégia eficiente de employee experience.

Promova uma employee experience positiva para seus colaboradores e obtenha como retorno uma redução considerável no turnover e um aumento na performance de todos — a fórmula necessária para continuar se destacando em seu segmento.

Para saber mais: se a sua empresa enfrenta um alto índice de rotatividade, recomendamos nosso artigo 8 estratégias para retenção de talentos na empresa.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS