Como desenvolver as soft skills nas pessoas da sua empresa?
BLOG

Como desenvolver as soft skills nas pessoas da sua empresa?

7 de janeiro de 2021

Você já ouviu falar sobre a importância de desenvolver as soft skills nas pessoas da sua organização. Trata-se de um conjunto de habilidades que vem ganhando maior relevância no novo contexto que vivemos. O RH das empresas precisa acompanhar de perto esta tendência e ter programas que envolvam os colaboradores.

Se você não está ainda familiarizado com o termo ou tem dúvidas sobre como implementar esta abordagem na sua empresa, acompanhe este artigo. Vamos abordar questões interessantes sobre um tema tão oportuno.

Redesenho de funções e preparação pras próximas mudanças

A onda de renovação de mindset já vinha vindo com força e fazendo a liderança das empresas refletir sobre uma mudança de paradigma. Mas, com a chegada da Pandemia do Coronavírus e todas as suas consequências na economia e no mercado de trabalho em geral, a necessidade de redesenhar funções se tornou mais urgente. 

A etapa seguinte a este redesenho é preparar as pessoas para funções diferentes numa nova realidade. Muitos esforços também estão sendo feitos levando em conta novas combinações entre modalidades de contratação de funcionários. Alguns trabalhando como permanentes e outros contratados para projetos específicos.

Uns via CLT, outros por jornadas de serviços prestados por pessoas jurídicas e assim por diante. Mas hoje vamos nos ater aos planos pra desenvolver as soft skills, o que envolve desde o recrutamento inteligente até a flexibilidade entre os funcionários que já estão na empresa.

O objetivo é potencializar a recuperação da atividade profissional, administrar melhor as perdas e prejuízos causados pela Pandemia e estar bem preparado para as mudanças que ainda virão, de forma ainda mais desafiadora.

O que são as soft skills?

A expressão hard skills quer dizer, em inglês, habilidades técnicas que se aprendem e são facilmente mensuráveis. Por exemplo, Fulano sabe falar chinês fluentemente e tem domínio da ferramenta X.

Paralelamente a estas, existem as soft skills. Ao contrário do que parece, não estamos falando de habilidades leves ou suaves como a palavra soft sugere. Soft skills são aquelas relacionadas à interação entre pessoas. É algo mais abstrato.

Mas que pode ser entendido quando pensamos em colaboração, inteligência emocional, resiliência, boa comunicação interpessoal e empatia. Essas habilidades estão menos “no fazer” e mais “no ser”.

São competências que fazem a diferença entre um grande talento dentro de uma empresa e um mediano. Traduzindo ainda mais: as soft skills são fundamentais para que o profissional saiba agir como um facilitador, que cria espaços para o debate saudável de ideias e inspira reflexões de qualidade que possam gerar soluções inovadoras.

Por que são tão importantes no novo cenário?

Gestores e líderes de empresas de todos os portes e segmentos apontam que, hoje em dia, pessoas em início de carreira demonstram entender bastante de tecnologia, são ambiciosas e mostram empenho e motivação pra crescer em suas carreiras.

No entanto, na prática, ainda não são capazes e não estão prontos para assumir os desafios das posições em aberto. Segundo algumas constatações, faltam nesses profissionais as soft skills. Eles não desenvolveram traços e comportamentos que devem basear os relacionamentos com colegas, chefes, equipes, clientes, etc.

O mercado de trabalho atual demanda funcionários que saibam aproveitar novas oportunidades de crescimento e que sejam resilientes, ágeis e adaptáveis. E tenham poder de persuasão. Estas características são bem-vindas em posições administrativas, para gestores de projetos, profissionais de venda, enfim permeiam todas as funções e setores das organizações.

No contexto das implicações e restrições impostas pela Pandemia, imagine, por exemplo, um profissional de vendas que já não pode mais exercer seu papel de prospecção comercial realizando visitas e reuniões presenciais. E se ele não souber ou não se adaptar facilmente ao modelo das reuniões virtuais possibilitadas pelas videoconferências?

A transformação digital impactou não somente o e-commerce, mas todas as companhias dos mais variados segmentos e campos de atuação.

Prontos para enfrentar as incertezas e as mudanças que ainda virão

Percebeu como é fundamental desenvolver as soft skills nas pessoas para que elas possam administrar melhor as incertezas, os processos de mudança e todo o estresse associado à Pandemia? E à dificuldade de obter resultados positivos num mercado ainda muito impactado.

Os funcionários devem ser convidados a participar de um esforço coletivo para desenvolver as soft skills e as novas habilidades comportamentais exigidas pelo novo cenário. Será preciso adotar posturas que garantam o pensamento estratégico, processos de comunicação franca e transparente, agilidade, pensamento criativo e espírito de liderança.

A proatividade também é uma habilidade que continua em alta. Ela é indispensável aos talentos de alta performance e que repliquem dentro das organizações, o aprimoramento das demais equipes. Tudo isso visando atender aos desafios ousados que o momento exige.

Resumindo: as empresas precisam de profissionais completos, ou seja, que reúnam as habilidades técnicas e, também, as soft skills.

O que fazer e como desenvolver as soft skills?

  • É necessário que os líderes, com o suporte dos profissionais de RH, estimulem seus colaboradores para que aprendam a desempenhar suas responsabilidades com novos comportamentos e novas habilidades.

  • Cada um tem seus próprios valores pessoais, vivências, experiências. Porém, todos devem ter claros os objetivos e metas da empresa, bem como sua visão, missão e valores. Para que todos remem o barco na mesma direção.

  • No sentido de azeitar o relacionamento entre a empresa e os colaboradores e entre as pessoas de áreas e funções diferentes, a realização de eventos, campeonatos, dinâmicas, treinamentos e até encontros de happy hours, por exemplo, podem funcionar bem quando houver a retomada ao trabalho presencial com segurança. .
  • Os chamados hackatons internos motivam os funcionários para que desenvolvam novos produtos por meio do exercício da criatividade, propondo soluções inovadoras para os problemas da empresa e resolvendo as dores dos clientes.
  • Permita que as pessoas dispostas a assumirem mais responsabilidades o façam. Acolha as novas e boas ideias. E promova oportunidades para quem queira ver crescer sua participação na empresa.
  • Mostre sempre que existe uma relação de confiança entre colaboradores e lideranças.
  • Pratique a política de portas abertas, por meio de maior abertura e flexibilidade na gestão.
  • Valorize e reconheça quem se sobressair, entregando resultados extraordinários e sendo protagonistas nos cenários de mudanças que são importantes para a empresa.

Agora que você já sabe a importância de desenvolver as soft skills nas pessoas da sua empresa, leia também o artigo sobre o RH 4.0.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS