Como o ERP torna os CFOs mais assertivos
BLOG
Gestão Empresarial

Como o ERP torna os CFOs mais assertivos

26 de julho de 2021

Como o ERP torna os CFOs mais assertivos

 

O papel de um CFO no mercado passou a ser muito mais amplo e estratégico, envolvendo decisões que não só competem à sua própria área, mas que denotam conhecimento aprofundado de toda a companhia e suas respectivas necessidades. Nesse sentido, um ERP eficiente é fundamental para que esses profissionais obtenham sucesso.

O CFO (Chief Financial Officer) nada mais é do que o executivo responsável pelas atividades financeiras da empresa. Desempenha o papel de planejamento, administração, previsão de riscos e investimentos necessários para que uma companhia se desenvolva e se mantenha sustentável.

A responsabilidade desse diretor financeiro é enorme, pois dele dependem o bom funcionamento de todas as outras áreas, que dependem de insumos para suas atividades.

Nos últimos anos, experimentamos um mundo muito mais acelerado e de operações complexas, cheias de detalhes minuciosos.

Portanto, apoiar-se em tecnologia e inovação deixou de ser missão somente do CIO (Chief Information Officer) e da área de TI, para estar no radar e acompanhamento frequente dos CFOs. 

Sendo assim, o sistema de gestão empresarial é ferramenta imprescindível para coletar e organizar o enorme volume de dados.

CFOs e os investimentos em tecnologia

As empresas que não haviam investido massivamente em tecnologia antes da pandemia do novo coronavírus tiveram que correr atrás do prejuízo e não estamos nos referindo somente a capital. 

A própria mentalidade dos executivos teve de mudar para garantir sobrevivência, entendendo que o meio digital é mais do que um modismo ou canal, e sim uma nova forma de consumo e relacionamento com os clientes.

Foi assim que o CFO se viu na obrigação de englobar ativamente outras áreas, contabilizando todos os custos, mas também buscando as melhores formas de ter adaptabilidade e fornecer insights poderosos de como a operação poderia ser mais rentável, por exemplo.

Áreas tecnológicas de interesse de um CFO

Um estudo da Rimini Street, companhia especializada em produtos e serviços voltados a softwares empresariais, em parceria com a Salesforce, revelou que 73% dos CFOs entrevistados indicaram que a pandemia aumentou a aplicação de verbas na transformação digital.

A pesquisa foi feita com mais de 1500 diretores financeiros e profissionais da área de Finanças em 13 países (inclusive Brasil) em organizações com faturamento mínimo mensal de US $200 milhões, cobrindo a maior parte dos setores econômicos. 

Quando perguntados sobre os projetos que esperam ser prioridade de seus CIOs, a maior parte quer saber de otimização das tecnologias existentes (44%), seguido de tecnologias que criem receita (40%) e melhorias de eficiência dos funcionários (39%).

Evidentemente, os profissionais focam em ter um retorno sobre investimento (ROI) rápido, sendo que 46% deles espera que isso aconteça dentro de dois anos, enquanto 82% projeta o lucro para entre três e cinco anos.

Entre os gestores brasileiros entrevistados (cerca de 105), a porcentagem cai para 42% no período de um a dois anos, e 41% entre três e cinco anos.

O foco é apostar no que dá retorno efetivo, trazendo incremento na produtividade e consequentemente, lucratividade.

Como o ERP se conecta às exigências do CFO do futuro?

Mais do que qualquer outro profissional, o CFO usa uma grande quantidade de dados para tomar decisões estratégicas, bem como contornar desafios.

A confiabilidade das informações e também seu acesso facilitado é imprescindível para que o executivo e sua equipe ganhem em tempo, mas também que tenham mais assertividade e desempenho.

Confiar em sistemas paralelos simplesmente não é viável ou confiável para os gestores da atualidade, que querem relatórios precisos e seguros para justificar a rentabilidade de um determinado projeto ou predizer riscos, contornando-os.

Dessa forma, um ERP de qualidade tem a capacidade de fornecer o suporte necessário para que os gestores não só visualizem o todo – o que é essencial – mas também para se conectarem às outras áreas e observarem onde estão os gargalos que devem ser corrigidos e as melhorias cruciais.

Sobretudo se a solução for hospedada em nuvem, pois isso faz com que o acesso à base esteja disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

Com isso, toda operação ganha em agilidade e eficiência, os gastos são minimizados e os investimentos podem ser concentrados para inovação e o crescimento geral da companhia.

Um ERP confiável, para nenhum CFO colocar defeito

Provavelmente, você já ouviu falar em diversas empresas que fornecem sistemas de gestão empresarial. 

No entanto, é necessário tomar cuidado com a confiabilidade dos fornecedores, pois uma implementação de ERP ruim, por exemplo, pode custar até mesmo a liquidez corporativa.

Ao mesmo tempo, é necessário que o departamento financeiro tenha flexibilidade e escalabilidade com a ferramenta, que não deve ser engessada ou contar com personalizações em demasia.

Sendo assim, a verdade é que um bom ERP é totalmente voltado para o que interessa e oferece inúmeras possibilidades de expansão, caso o CIO e CFO julguem necessário para a companhia.

A interface deve ser simplificada, para que todos os usuários possam facilmente administrar as informações, e o desempenho seja total.

É por isso que a Cast group está há mais de 30 anos no mercado de gestão empresarial: nós trabalhamos com os melhores parceiros da área de inovação, além de fornecermos a tecnologia da SAP, criadora do conceito desses sistemas.

Ao longo dos anos já atendemos centenas de clientes de todos os portes e segmentos, nos setores privado e público.

Somos experts e sabemos que um CFO não tem tempo a perder. Por isso, oferecemos o SAP S/4Hana, focado em grandes empresas. 

Totalmente personalizável e completo, ele é do tipo SaaS (software como serviço) e permite integração com inúmeras funcionalidades.

Conheça o nosso trabalho e entre em contato com nossos especialistas para entender o quão eficiente nosso sistema pode ser para a sua gestão financeira e visão tática!

 



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS