ERP como aliado da área fiscal e tributária
BLOG
Fiscal

ERP como aliado da área fiscal e tributária

2 de julho de 2021

ERP como aliado da área fiscal e tributária


Frente a complexidade e volubilidade da legislação brasileira, ter um bom ERP como aliado da área fiscal e tributária é essencial para manter as obrigações em dia e criar um sistema correto e sustentável para as operações rotineiras.

É comum que não só os estatutos sobre os encargos sofram constante alteração, como também sua interpretação seja múltipla, de acordo com cada estado da Federação que abordamos.

Tais brechas e inconstâncias fazem com que muitos profissionais que lidam com o Fisco fiquem perdidos ou estejam propensos ao equívoco por lidar com tantas informações contraditórias.

Nesse sentido, o ERP entra como uma ajuda mais do que bem-vinda, e sim completamente obrigatória para proceder da melhor forma: tanto para evitar prejuízos, como para obter vantagens.

O ERP ajuda a mitigar os erros fiscais

A tecnologia associada aos sistemas de gestão permite que as informações ligadas ao órgão de fiscalização sejam automática e constantemente atualizadas na ferramenta. 

Exemplificando, a intricada e conhecida Substituição Tributária (ST) sempre sofre variações. Tendo  em mente todas as gradações relativas  à transferência de alíquotas, as reduções de base de cálculo ou acréscimo referente ao Fundo de Combate à Pobreza ou aplicação do IVA/MVA original ou ajustado, exigiria completa resiliência e também extrema minúcia dos profissionais.

Falhas na apuração dos dados podem fazer com que alguma operação não seja tributada corretamente. Nesse caso, a empresa é passível de notificações e medidas administrativas ou judiciais por parte do Fisco – algo que, certamente, ninguém deseja.

Por outro lado, a desordem até mesmo pode ocasionar tributação excedente, prejudicando a saúde financeira corporativa.

Um caso que se tornou famoso pela divergência de interpretação foi a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins, uma discussão bastante antiga e que recentemente causou alvoroço entre gestores financeiros.

A tecnologia também auxilia a restaurar créditos

Uma vez que a ferramenta de gestão empresarial tem capacidade de buscar tributações aplicadas em períodos diferentes do que o atual, fica imensamente mais simples para o departamento Fiscal procurar por possíveis inconsistências e agir de forma ágil em busca de ressarcimento. 

Com isso, possíveis reparações são feitas sempre dentro do prazo, gerando créditos financeiros e ajudando no fluxo de caixa.

A exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins, por exemplo, permitiu rever valores que remontam a 2017. Sem o auxílio tecnológico, a apuração seria totalmente maçante e complexa. 

Porém, com o devido histórico, a base está pronta para ser debatida legalmente. Inclusive, a Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado Federal, estima que os valores que poderão ser abatidos pela retirada do ICMS podem chegar a 830 bilhões entre 2017 e 2030 – e tudo isso só foi possível graças a um controle preciso dos dados por parte das companhias.

Por outro lado, de acordo com a Sefaz, desde a implementação da NF-e no Brasil, já foram emitidas mais de 28,5 milhões de notas fiscais no país. Imagine só o nível de atenção e expertise que os times fiscais e tributários de todo o território nacional teriam em administrar manualmente esses registros.

Mas esses não são os únicos motivos para ter um ERP de apoio fiscal e tributário. Além de garantir todas as obrigações fiscais, fazendo com a empresa esteja sempre em situação regular, há diversos outros benefícios que um ERP pode trazer para sua equipe.

Abaixo listamos 4 vantagens em obter o ERP de apoio fiscal e tributário:

 

  • Adequação no Compliance

 

Ao optar pelo sistema de gestão correto, toda a documentação fiscal é padronizada de acordo com as exigências da legislação tributária – seja ela municipal, estadual ou federal.

Esse fator é de uma relevância imensa tanto para garantir que os impostos sejam recolhidos devidamente, quanto  para ter conformidade com todas as normas, que teriam de ser interpretadas e postas em prática manualmente.

 

  • Economia de tempo e dinheiro

 

De forma alguma o ERP vem para reduzir postos nas áreas mencionadas, muito pelo contrário. A ferramenta garante assertividade e representa uma redução enorme do tempo que seria gasto com a parte mais morosa e burocrática da função.

  As habilidades dos colaboradores são valorizadas para atividades mais estratégicas e rentáveis, valorizando a hora-homem.

 

  • Agilidade e eficiência

 

Ao mesmo tempo, é indiscutível que toda a operação se torna completamente mais rápida, pois a tecnologia e a automatização garantem toda a pesquisa e cálculos em instantes.

Não é preciso aguardar dias a fio para ter os dados necessários e dar continuidade aos processos.

Ainda, torna o trabalho de emissão de notas fiscais para os consumidores e parceiros imediato, de fácil acesso e operante independente do volume gerado.

 

  • Personalização e redução no custo de manutenção

 

Por fim, ter um ERP aliado da área fiscal e tributária também reduz muito os custos de manutenção e também da gestão em si. 

Quando softwares distintos são contratados, o valor gasto em manutenção ou mesmo na criação de todas as personalizações necessárias ao negócio pode se tornar extremamente caro.

No entanto, como alguns softwares de gestão já vem prontos para atender às demandas gerais de maneira ampla e completa ou mesmo têm formatos que garantem especificidades em diversos segmentos, o valor fica muito mais acessível.

Contrate o melhor sistema de gestão empresarial 

A experiência do fornecedor e a tecnologia empregada na construção do ERP é fundamental para certificar que todos os dados serão tratados de forma correta, clara e atualizada. Afinal, os enredamentos e os obstáculos podem ser grandes quando tratamos de informações corporativas, sobretudo em relação ao Fisco.

Sendo assim, confiar na empresa parceira e obter o melhor suporte é altamente recomendável.

A Cast Group opera nesse mercado há mais de 30 anos e já atendeu centenas de pequenas e médias empresas, bem como grandes instituições e indústrias no meio público e privado.

Através da nossa solução SAP Business One, as empresas de menor porte podem ter todo o funcionalismo e a integração de diversas áreas com o departamento financeiro e fiscal, porém de forma enxuta e acessível.

Já as companhias que precisam de mais corpo tecnológico, podem dispor do SAP S/4Hana, que é completíssimo.

Ambos podem ser hospedados em nuvem e com certeza elevará  a capacidade produtiva da sua empresa, minimizando qualquer tipo de falha e trazendo inúmeros proventos.

Conheça nosso trabalho e entenda os motivos para contar com quem é reconhecidamente a melhor opção em gestão empresarial.

 



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS