Investimento na indústria: cenário atual e o que esperar para o futuro
BLOG
Gestão Empresarial

Investimento na indústria: cenário atual e o que esperar para o futuro

25 de outubro de 2021

O investimento na indústria para os próximos anos deve ser massivo e focado nos avanços tecnológicos. No mundo todo, industriais entenderam que só é possível superar as crises tendo uma forte cobertura em inovação, o que confere flexibilidade, redução de custos e também torna o negócio sustentável em todos os sentidos.

No início de 2021, a CNI (Confederação Nacional das Indústrias) publicou um estudo que mostrou que 82% das grandes empresas pretendia investir neste ano, com destaque para melhorias do processo produtivo (35%) e capacidade de produção (33%).

Os números são parecidos com os do ano anterior (84%), mas refletem um otimismo maior em relação ao mercado, visto que em 2020 apenas 69% dos entrevistados conseguiram, de fato, investir no próprio segmento.

Obviamente, a indústria brasileira também sentiu o baque da pandemia do novo coronavírus, fator que limitou ou encareceu demais os insumos, gerando certa falta de abastecimento. Além, é claro, da limitação do poder de compra da população, que se viu receosa em consumir ou até mesmo perdeu total ou parcialmente suas fontes de renda.

Qual será o investimento na indústria mundial nos próximos anos?

Uma pesquisa da AVEVA feita globalmente com 850 gestores industriais do Brasil, Alemanha, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, México e China revelou que 85% das companhias pretendem investir em transformação digital nos próximos três anos.

Dentre os segmentos, estão presentes a manufatura, infraestrutura, energia e químicos, sendo que a mentalidade geral é conciliar conceitos como Inteligência Artificial, Machine Learning e ioT à recursos humanos, segurança cibernética e integração de pessoas e processos à nuvem, por exemplo.

Isso vai perfeitamente de encontro à implementação e consolidação prevista para a indústria 5.0 nos anos que virão, estabelecendo uma relação mais harmônica e coesa entre trabalhadores, cadeia produtiva, tecnologia e sociedade.

Também chama a atenção nesse estudo o fato de 9 entre cada 10 entrevistados afirmou que as exigências ambientais estão em suas prioridades, tendo em vista que 89% deles pretendem zerar as emissões de carbono proveniente de suas fábricas e ajudar a combater as mudanças climáticas nos próximos cinco anos.

Fica clara, então, a importância que a inovação, aliada à percepção da coletividade e da sustentabilidade corporativa é o caminho para gerar não só mais lucratividade, mas também tornar possível a subsistência.

Indústrias que investem em tecnologia lucram mais

Diante do cenário enfrentado e ao mesmo tempo, mirando o futuro, temos uma excelente pesquisa da CNI que mostra claramente os resultados de quem se preocupa em investir na área de inovação. 

Os dados ressaltaram que 80% das médias e grandes empresas que inovaram em 2020 tiveram ganhos em produtividade, competitividade e nas finanças. Aliás, 55% dos entrevistados afirmaram que o faturamento bruto aumentou muito ou aumentou um pouco.

Isso mostra que, mesmo frente às dificuldades, vale a pena direcionar recursos para a área tecnológica, pois o retorno é recompensado – e normalmente, de forma rápida.

O grau de importância dada à inovação também aumentou: para 2020, 66% consideravam alto ou muito alto, contra 71% em 2021.

Apesar disso, há pontos de atenção que precisam ser abordados. Primeiramente, o fato de que o nível de dificuldade para implementar foi considerado alto ou muito alto para 35% do total. 

Em seguida, apenas 51% das empresas reportaram ter uma área específica à inovação, e 63% não possuem orçamento reservado a essa pauta. Isso mostra a necessidade de buscar por mais verba para essa consolidação, visto que os resultados do mercado são claros e expressivos.

As áreas a serem inovadas estão concentradas por ordem de importância para os entrevistados, e são, respectivamente: linha de produção, gestão e vendas.

Invista em tecnologia de ponta

Se a sua companhia ainda não alcançou o nível de maturidade digital necessário para competir com os fortes players do mercado, chegou a hora de repensar e buscar por alternativas o quanto antes. 

Tão importante quanto avançar em tecnologias novas e de ponta, é conectar tudo o que acontece, criando unicidade para poder desfrutar de insights poderosos. 

Um ERP confiável e de qualidade pode elevar ainda mais os ganhos de uma empresa, pois atua na percepção do todo por meio de relatórios perfeitamente compreensíveis, identificando gargalos, possibilidades de redução de custo e ganhos de produtividade. 

Ele interliga todas as áreas com o chão de fábrica e faz com que as tarefas do dia a dia aconteçam de forma mais orgânica e lógica.

A Cast group tem as melhores alternativas em sistemas de gestão, além de contar com suporte extremamente qualificado. 

Para empresas de médio porte, oferecemos o SAP Business One, que é rápido de ser instalado e de simples utilização, mas mesmo assim oferece uma enorme gama de recursos.

Já para as grandes, o SAP S/4Hana é perfeito, pois é ainda mais completo, robusto e permite expansão internacional com maestria, caso esse seja o objetivo.

Ambas as soluções conferem adaptabilidade, eficiência e ganho estratégico. Além disso, também podem ser hospedadas na nuvem, proporcionando acessibilidade e agilidade.

Conheça o notável trabalho que fazemos com empresas de manufatura, entre em contato conosco e se prepare para estar entre as melhores indústrias no seu ramo de atuação.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS