Lucro nas PMEs: como se valer do ERP para impulsionar seu negócio
BLOG
Gestão Empresarial

Lucro nas PMEs: como se valer do ERP para impulsionar seu negócio

19 de julho de 2021

Lucro nas PMEs: como se valer do ERP para impulsionar seu negócio

 

O lucro nas PMEs é um assunto bastante complexo, porque nem sempre a empresa consegue achar o chamado ponto de equilíbrio com facilidade. Ter o máximo de controle de todas as frentes é um dos caminhos mais rápidos para ter retorno do tempo e dinheiro investidos pelos empreendedores em um sonho.

Na verdade, muitos brasileiros aderem ao empresariado com grandes expectativas de liberdade e autossuficiência, mas essa nem sempre é uma realidade que se concretiza em um primeiro momento. 

As pequenas e médias empresas têm diversos desafios, como encontrar mão de obra qualificada, lidar com altíssimos encargos e a própria administração de um negócio, que conta com inúmeras atividades e demandas diárias para subsistência.

Assim, há quem acredite que a principal motivação para uma PME obter lucro é focar no produto ou serviço que é comercializado: investir em melhorias, diferenciação e abordagens.

Já outros, acreditam que sem um verdadeiro controle financeiro, a empresa está fadada ao fracasso.

Também a questão de vendas e marketing, sobretudo o digital, figuram discussões sobre onde está a chave do verdadeiro ganho. Inclusive em períodos de crise, como enfrentamos na atualidade, em que pode ser bastante complicado atrair consumidores.

Segundo dados do estudo Panorama PMEs, 70,9% das pequenas e médias empresas que consideraram melhorar as duas áreas, as tornando uma prioridade, saíram à frente das demais em relação à saúde financeira.

Mas será que, de fato, é uma questão de priorizar uma questão ou outra?

Um bom sistema de gestão empresarial pode interligar todas as partes da sua companhia, para que as engrenagens funcionem em sincronia e perfeição. E acredite: a um valor acessível ao seu bolso.

O que barra o lucro nas PMEs?

Atualmente, vivemos na era da informação, o que significa aproveitar ao máximo todo o conhecimento que os dados podem trazer.

Assim, é necessário entender o mercado o qual a empresa está inserida, como os consumidores se comportam e quais são as melhores formas de conquistar um “lugar ao Sol” no segmento.

No entanto, de nada adianta conseguir aumentar as vendas e se comunicar bem com os clientes, se os próprios recursos ou administração não caminham de forma ideal.

Talvez, a maior dificuldade em obter lucro nas pequenas e médias empresas seja a dificuldade de balancear os insumos, fazer a precificação correta e conseguir lidar com todos os encargos.

Em um país que sofre constantemente a alta da inflação como o nosso, nem sempre é fácil lidar com as flutuações, que encarecem os custos de produção, bem como os logísticos.

Nesse sentido, cada redução de custo representa um enorme ganho, pois se somados, fazem muita diferença no balanço financeiro.

O problema é lidar com as diversas demandas do dia a dia e ainda ter capacidade de gerar relatórios precisos, simples e que tragam as informações necessárias para tomadas de decisão.

Sendo assim, torna-se praticamente inviável contar com uma estrutura reduzida de funcionários e ao mesmo tempo, cobrir todas as frentes com perfeição.

Embora alguns empresários vejam com desconfiança ou desdém o ERP (sistema de gestão empresarial), considerando que ele é desnecessário ou custoso, isso é um verdadeiro engano. 

Provavelmente, as pequenas e médias empresas não conseguirão sobreviver a um futuro próximo sem a visão do todo e um melhor controle interno.

Como um ERP pode ajudar a obter lucratividade nas pequenas e médias empresas?

Antes de mais nada, é preciso desmistificar: o sistema de gestão empresarial é uma ferramenta poderosa, que reúne todas as informações em um só local e as interconecta, fazendo com que fique clara a interferência de um setor em relação ao outro.

De forma alguma ele é ininteligível, pois foi feito justamente para atender a sua demanda e trabalhar dentro da flexibilidade que você possa ter. Ou seja: a interface é clara e intuitiva, feita para facilitar – e não onerar – a vida do gestor.

Através dele, fica muito mais claro entender a questão do estoque, comparar preços de fornecedores, organizar as vendas, integrar um CRM (caso queira), além do importantíssimo controle suporte do ERP às áreas fiscal e contábil.

Você não perderá o controle dos seus compromissos financeiros, terá sempre a atualização dos impostos vigentes para o seu ramo de atividade e assim, evitará contrair dívidas e multas.

A produtividade aumenta muito, pois com a automação você pode focar em uma parte muito mais estratégica, direcionando os esforços para trazer mais eficiência e retorno à companhia.

Portanto, o lucro nas PMEs basicamente se resume a colocar o foco no que de fato interessa, que é o crescimento sustentável da empresa, a maximização dos lucros e redução máxima de gastos.

Para isso, é preciso ter o controle em mãos, e isso só um ótimo ERP pode fazer por você.

O melhor ERP do mercado para PMEs

Um bom sistema de gestão conta com todas as funcionalidades que você precisa para o momento, bem como capacidade de lhe atender no futuro – quando sua empresa estiver ainda mais solidificada, lucrativa e pronta para a expansão.

Ao mesmo tempo, precisa mostrar com clareza e efetividade o que você precisa, sem se tornar um fardo a mais. 

Ser acessível, obviamente, também é essencial. Mas cuidado, pois ao escolher o fornecedor, você confia em todo o bom funcionamento da sua operação a ele. Se a solução não for qualitativa ou o suporte não for bom, corre o risco de você não ter o devido retorno do seu investimento!

Logo, que tal contar com o auxílio de uma empresa com mais de 30 anos no mercado de gestão? A Cast group trabalha com clientes de todos os portes e, ao longo dos anos, os ajudou a trilhar o melhor caminho em busca de mais rendimento.

Por meio da ferramenta SAP Business One, podemos atender perfeitamente a sua pequena ou média empresa, conforme sua necessidade. A instalação é simples e o valor ajustado para a sua realidade.

Ele também pode ser implementado em nuvem, o que significa que todas as informações podem ser acessadas a todo momento, do lugar que você estiver.

Conheça o nosso trabalho e veja como nós podemos ajudar a sua empresa a não só estabelecer um ponto de equilíbrio, mas também finalmente ter a lucratividade esperada!

 



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS