Os riscos e custos de tecnologias ultrapassadas para o negócio
BLOG
Inovação

Os riscos e custos de tecnologias ultrapassadas para o negócio

9 de janeiro de 2020

A evolução e substituição de tecnologias ultrapassadas promove que a cada dia apareçam soluções melhores e que oferecem mais recursos para as aplicações, para o negócio e para a empresa como um todo. Acompanhar a tecnologia e o seu desenvolvimento é uma ótima forma de manter a companhia na jornada da transformação digital, usufruindo dos seus benefícios e também se mantendo a frente dos concorrentes – oferecendo também produtos e serviços de valor aos seus clientes.

Diante de tantas tecnologias consideradas como transformadoras e que requerem algum tipo de investimento para serem implementadas na velocidade que o negócio precisa, a empresa precisa tomar decisões importantes de gestão e controle. De um lado tem custo necessário para aplicar as tecnologias e por outro, um custo muito maior para administrar e operar tecnologias ultrapassadas e que custam igualmente ou até mais caro.

Manter tecnologias ultrapassadas trazem riscos e custam caro para o negócio! Continue acompanhando a nossa publicação e saiba mais!

O custo para manutenção de tecnologias ultrapassadas no negócio

Um recente relatório do MIT mostra em termos gerais que utilizar tecnologias ultrapassadas e/ou obsoletas no negócio custam muito caro para as empresas. Além dos impactos financeiros, ter este tipo de atitude também faz apresentar riscos de segurança pela não atualização e correção de falhas que estão presentes em novas versões dos sistemas, além de impactar negativamente a sobrevivência da empresa frente ao mercado.

Diante deste cenário, é importante que as empresas saibam o momento correto da adoção de tecnologias consideradas como disruptivas, como a utilização da nuvem. Neste exemplo, o que geralmente afeta as decisões de migração para a nuvem é a falta de conhecimento acerca dos custos envolvidos no seu adiamento, além do impacto que esse adiamento indevido tem nos sistemas como um todo da empresa.

O relatório do MIT também aborda que um melhor conhecimento sobre todos os detalhes que compreendem os custos da utilização de tecnologias ultrapassadas pode auxiliar as empresas a fazerem os seus investimentos no momento correto. Além disso, para aqueles que se preocupam em não ficar para trás, este conhecimento pode não apenas diminuir a diferença mas até reverter um processo de obsolescência que possa vir a ocorrer no seu ambiente de produção.

Algumas empresas investem com cautela em tecnologia

Outro ponto importante que o relatório do MIT aborda é a constante cautela que muitas empresas tem ao realizar investimentos em tecnologia, transformando este tipo de ação numa forma de transformar a tecnologias ultrapassadas como parte do negócio. Ainda assim, cresce a diferença entre as companhias com altos índices de produtividade e companhias que possuem baixos índices de produtividade – e um fator que corrobora para esta diferença é o formato como é visto o investimento em tecnologia.

A melhor forma de transformar um cenário de baixa produtividade em um cenário de alta produtividade é por meio do investimento contínuo em novas tecnologias, aumentando a automação e proporcionando o desenvolvimento saudável de novos produtos e serviços, sejam para o cliente final ou sejam como forma de transformação no próprio ambiente organizacional.

Estas empresas que ainda mantem tecnologias ultrapassadas e ainda atuam com cautela na hora de realizar investimentos na área podem sofrer com riscos para o negócio como um todo. Devido aos novos recursos tecnológicos, capacidade de otimização de sistemas e melhora do desempenho além da evolução contínua destes novos sistemas, a empresa perde tempo ao não conseguir acompanhar os seus concorrentes que já possuem este tipo de visão e estão acompanhando o setor.

Além dos altos custos, tecnologia ultrapassadas impactam em falhas de segurança e riscos para o negócio

O relatório do MIT aponta também que além dos altos custos de manutenção com tecnologias ultrapassadas, as empresas podem sofrer falhas de segurança e riscos para todo o negócio. Um dos fatores principais e que pode fazer com que uma empresa comece a adotar novas tecnologias são as vulnerabilidades de segurança que não podem mais ser corrigidas de um sistema legado ou até o fim da vida de determinada versão do software.

Os tomadores de decisão muitas vezes não conseguem justificar o investimento em tecnologia como somente uma pequena melhoria de desempenho do software ou uma atualização simples. Sendo assim, é importante manter um ambiente empresarial que promova a adoção e a utilização de tecnologias de ponta para que toda e empresa se beneficie deste tipo de cultura.

Um ótimo exemplo é na migração para nuvem, onde os gestores da área de TI conseguem assumir benefícios claros de altas camadas de segurança, ótimos indicadores de acordos de níveis de serviço – os SLAs – e disponibilidade do sistema, além da recuperação em casos de desastre. O desafio maior é conseguir justificar e quantificar este tipo de benefício, uma vez que são atingidos por meio da migração para a nuvem e melhorarão além do que pode ser fornecido internamente pelo setor de TI.

Indo além dos altos custos

Ao manter o foco na alta produtividade dos negócios e no crescimento saudável da companhia, uma empresa consegue enxergar além das economias e nos altos custos de investimento para tecnologia. Conforme este panorama se torna cada vez mais presente num ambiente de transformação digital, as empresas precisam estar atentas aos altos custos de manutenção de tecnologias ultrapassadas e nos altos riscos que este tipo de cenário representa para um ambiente de alta produtividade.

O relatório do MIT ainda pontua que os impactos positivos para a empresa da adoção de uma política que incentiva os investimentos em nuvem podem não ser totalmente quantificáveis, mas são essenciais para diversos fatores no ambiente de TI. Benefícios claros de curto e médio prazo com redução de gastos com TI, fácil escalabilidade e desenvolvimento do corpo técnico são alguns exemplos importantes.

Saiba mais!

O investimento e o desenvolvimento de tecnologias ultrapassadas para a evolução do negócio são ótimas formas de manter a empresa no caminho certo para o sucesso da transformação digital. Este tipo de ação permite que as empresas aumentem os seus indicadores de produtividade e eficiência, além de garantir o crescimento saudável do negócio.

Continue acompanhando as nossas publicações no Blog da Cast!



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS