Quais são os riscos de uma má gestão financeira?
BLOG
Fiscal

Quais são os riscos de uma má gestão financeira?

1 de abril de 2020

Uma empresa nasce e o panorama pode ser o melhor possível para o seu crescimento – ao ponto de que pensar nos riscos de uma má gestão financeira pode ser algo distante e sem motivo visto as etapas iniciais deste processo. Ao ir ganhando mercado, recebendo investimentos e garantindo a satisfação dos clientes iniciais, a empresa começa a passar por etapas diferentes durante esta evolução.

A empresa crescer sem um planejamento correto implica diretamente no crescimentos dos riscos de uma má gestão financeira e podem surgir problemas no controle dos processos internos. Algumas situações que exemplificam esse tipo de risco estão na conciliação de notas fiscais e a deficiência na entrega de algum produto ou serviço para o seu cliente.

Continue acompanhando a nossa publicação e saiba mais sobre os riscos de uma má gestão financeira para o seu negócio!

A gestão financeira

A gestão financeira é considerada como uma grande área de administração de todas as informações referentes a atividade financeira do negócio, além realizar avaliações e preparar relatórios. Este tipo de abordagem e a criação dos relatórios permitem que as informações referentes ao patrimônio da empresa e ao fluxo de caixa da empresa como um todo possam ser analisados de forma assertiva.

Além disso, permite que o corpo gerencial tenha uma visão ampla do negócio – e faz com que haja uma identificação dos custos do negócio antes do pedido de compras e mantenha esse controle até o estágio final do pagamento do boleto do fornecedor. A identificação de dívidas e o cumprimento de prazos de pagamento também fazem parte da rotina de uma boa gestão financeira.

O acompanhamento de toda a operação e do negócio também fazem com que o gerenciamento financeiro seja realizado da melhor forma possível, mapeando algumas de suas etapas importantes como:

  • A administração do fluxo de caixa;
  • O monitoramento do balanço financeiro;
  • O pagamento das dívidas;
  • A solicitação de algum produto ou serviço.

Ter um controle eficiente sobre a gestão financeira do negócio é considerado como um dos principais fatores que fazem com que o empreendimento cresça de forma saudável. Para que isso ocorra de forma satisfatória, é importante utilizar de ferramentas que permitam algum tipo de automatização e a integração entre os processos do negócio e permitam também que os riscos de uma má gestão financeira sejam mitigados ou evitados antes mesmo que venham a ser considerados como um problema maior para a empresa.

E quais são os riscos de uma má gestão financeira?

Os riscos de uma má gestão financeira vão além do que somente ter um número errado num relatório entregue ao corpo de gestão. A tomada de decisão é realizada com base nestes relatórios e a identificação dos custos inerentes ao funcionamento da empresa é uma das melhores formas de manter a saúde do negócio.

Acompanhamento e cumprimento de prazos

Um dos exemplos dos riscos de uma má gestão financeira é por meio do acompanhamento e do cumprimento dos prazos acordados com clientes e também dos prazos para quitação de dívidas. Pagar juros e ocorrer pagamentos em duplicidade é um dos problemas que podem ocorrer caso haja alguma falha durante o processo de gestão financeira.

Outra falha que pode ocorrer por consequência de uma má gestão financeira é não identificar as datas de recebimento de pagamentos e não acompanhar de forma adequada estes recebíveis – o que não garante o cumprimento do serviço e os controles adequados de qualidade para que a empresa esteja dentro dos padrões recomendados.

Para que isso não ocorra deve-se ocorrer um acompanhamento adequado de todos os prazos da operação, desde solicitação de compra de produtos ou serviços e até na administração do fluxo de caixa do negócio.

Mais custos e retrabalho

O aumento de custos de forma indevida tem uma correlação direta com a ineficiência dos processos da empresa e os riscos de uma má gestão financeira abordam também este tipo de aplicação. Mais custos com o pagamento de juros e multas e o não controle do fluxo de caixa de forma correta pode fazer com que a empresa não atinja a saúde financeira que o negócio precisa para ser perene.

Uma vez que os dados podem não ser considerados como fidedignos, o retrabalho ocorre na hora de realizar pesquisas e buscar as informações corretas para a consolidação dos relatórios gerenciais. Documentação e impressões também são custos inerentes ao processamento de dados errados ou de baixa qualidade.

Desorganização dos dados da empresa

A transformação digital também impacta num melhor aproveitamento dos dados gerados pelo negócio e na utilização destes dados para gerar as melhores informações possíveis para tomada de decisão. Um dos riscos da má gestão financeira é justamente não ter um controle eficiente sobre estes dados, impactando em desorganização destes dados e até a perda de algumas fontes valiosas.

Os dados são as melhores formas de entender e visualizar o panorama geral do negócio e na área financeira apresentam ótimas informações sobre a saúde financeira do negócio. O principal risco é perder insights valiosos que somente poderiam ser tomados quando se tem uma visualização completa do estado atual da gestão financeira.

Não realizar um controle financeiro

Um controle financeiro passa pela administração e identificação de todas as informações financeiras da empresa juntamente com algum tipo de ferramenta eficiente e integrado. Uma má gestão financeira impacta diretamente neste tipo de controle e não permite que os relatórios gerenciais sejam completos e reflitam o que ocorre no negócio.

Um software de gestão financeira é um ótimo exemplo de como manter este tipo de eficiência operacional sem ter altos custos com a implantação de ferramentas. Ao utilizar uma solução eficaz, a empresa sempre tem uma visão real do que está ocorrendo naquele momento, contribuindo para a tomada de decisão de forma assertiva.

Saiba mais!

Os riscos de uma má gestão financeira não ficam isolados somente a área de controle de caixa e impactam toda a eficiência operacional da empresa, sendo diretamente relevantes para a saúde do negócio e para o aumento da confiança do seus consumidores. Ter um bom software de gestão financeira é uma ótima forma de utilizar uma ferramenta eficaz e entregar os melhores indicadores de produtividade.

Continue acompanhando as nossas publicações e saiba mais!



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS