Tecnologia RPA na indústria para automatização de processos
BLOG
Inovação

Tecnologia RPA na indústria para automatização de processos

8 de janeiro de 2020

O uso da tecnologia RPA na indústria está nos holofotes como o recurso do momento e existem boas rações para isso. Estamos nos referindo a um dos métodos tecnológicos mais empolgantes que surgiram nos últimos anos, que está mudando significativamente o funcionamento das empresas.

Embora haja muitos benefícios com o uso RPA, as melhores práticas para implementação ainda não são totalmente compreendidas. Uma recente pesquisa, realizada pela Ernst & Young apontou que ocorrem falhas de 30% a 50% nos projetos de tecnologia RPA na indústria.

Para evitar que esses erros ocorram e que o seu negócio possa tirar proveito da situação, convém saber mais sobre o tema. Continue a leitura e faça isso agora mesmo!

O que é a tecnologia RPA?

RPA é uma sigla em inglês para “automação de processos robóticos”. Trata-se de uma ferramenta para automatização, que envolve o treinamento de um robô ou bot para concluir tarefas repetitivas e demoradas, interagindo com os aplicativos por meio de suas interfaces de usuário.

O uso da tecnologia RPA na indústria ocorre justamente nesse sentido, realizando atividades mais burocráticas, que deixam de ser desenvolvidas por operadores humanos.

Mesmo que você nunca tenha ouvido falar em tecnologia RPA na indústria, é provável que você já tenha tido alguma experiência com esse recurso no seu dia a dia. Se você já fez qualquer compra online, por exemplo, deve ter recebido atualizações do status do pedido, como a data que saiu para entrega.

Geralmente, essas notificações são rastreadas e disponibilizadas por um serviço de RPA. Assim sendo, não existe uma pessoa que fica enviando essas mensagens para os compradores dos e-commerces, sendo tudo automatizado.

Quais são os tipos de processos que podem ser automatizados?

A utilização do RPA na indústria é comum em diversos segmentos, como o metalomecânico, o financeiro, o farmacêutico, entre tantos outros. Em todas essas empresas, são muitas as atividades que podem ser automatizadas.

Veja, a seguir, exemplos de procedimentos que podem ser realizados com o auxílio da automação dos processos robóticos!

Gerenciamento de relatórios

O RPA – Robotic Process Automation, pode ser utilizados para automatizar a geração de relatórios. Assim, é possível controlar a produção que uma máquina faz por hora, a quantidade de matéria-prima utilizada, o tempo de transporte dentro da fábrica etc.

A interpretação desses relatórios ainda é uma atividade realizada por seres humanos, mas a geração é muito simplificada.

Realização de cálculos

Na indústria, são muitos os cálculos que necessitam ser realizados, principalmente quando nos referimos a fabricação de produtos. As operações matemáticas, porém, podem ser facilmente resolvidas por robôs.

As contas podem ser realizadas por meio da programação estabelecida para os robôs, o que também exclui a possibilidade de ocorrerem erros. Assim, a precisão sempre será garantida.

Controle de estoque

O uso da tecnologia RPA na indústria vem sendo muito utilizado para o controle de estoque. Os robôs geram relatórios que demonstram quantos itens entraram e foram retirados dos almoxarifados, por exemplo.

De tal maneira, a empresa não corre o risco de cometer erros, como produzir menos ou mais do que o necessário para atender os seus pedidos. Também se torna mais fácil de controlar as matérias-primas e fazer a compra dos fornecedores.

Quais são os principais benefícios da tecnologia RPA na indústria?

O uso da tecnologia RPA na indústria traz diversos benefícios para as organizações. Destacamos os principais deles, para que você veja como sua empresa pode ter melhorias se apostar no uso desse recurso. Acompanhe!

Aumento da produtividade

A principal vantagem do uso da tecnologia RPA na indústria é o aumento da produtividade. Por meio desse recurso é possível fazer com que muitas atividades que levavam horas para serem realizadas, sejam feitas em poucos minutos.

Em empresas de metalurgia, por exemplo, as máquinas podem ser programadas para cortar os materiais que dão origem às peças em horários determinados. De tal maneira, basta que o operador alimente os equipamentos com matéria-prima e os robôs fazem todo o restante do trabalho.

Crescimento da lucratividade

A tecnologia RPA na indústria faz com que menos recursos físicos e humanos sejam necessários para o desenvolvimento das atividades. Dessa maneira, há um aumento na lucratividade da empresa.

Não será necessário pagar muitas horas extras para os colaboradores, por exemplo, uma vez que os robôs darão conta de fazer boa parte do trabalho. Assim sendo, atrasos não ocorrerão nas entregas.

Melhor experiência do cliente

A implementação da RPA libera os seus recursos de alto valor para serem colocados na linha de frente. Isso quer dizer que os colaboradores da empresa estarão ocupados com atividades estratégicas e não operacionais.

Com as ações estratégicas, é possível melhorar a experiência do cliente. Logo, as pessoas se sentirão melhor atendidas e voltarão a fazer negócios com a empresa que adota essas soluções no seu dia a dia.

Processos internos aprimorados

Para alavancar o RPA, as empresas precisam definir procedimentos claros de governança, para o uso de dados, por exemplo.

Isso evita que sejam cometidos erros que possam causar sanções às companhias, como o não cumprimento de legislações, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Complementação de sistemas utilizados

A tecnologia RPA na indústria não substitui sistemas que você já utiliza, como o SAP, por exemplo. Porém, ela complementa o uso desses softwares, para que eles possam ser melhor utilizados e mais recursos positivos sejam alcançados.

Cada vez mais será comum a tecnologia RPA na indústria para automatização de processos. É por isso que convém fazer esse investimento antes que os concorrentes e aproveitar os resultados positivos como uma vantagem competitiva.

Continue se informando sobre tecnologia! Leia agora o nosso artigo que mostra como um robô tem facilitado a movimentação de materiais em ambientes desafiadores.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS