Tendências digitais para pequenas e médias empresas
BLOG
Inovação

Tendências digitais para pequenas e médias empresas

5 de janeiro de 2022

Proprietários de pequenas e médias empresas (PME´s) estão cada vez mais tendo a percepção que investir em tecnologia não é algo destinado a somente grandes corporações. Afinal, é uma forma ágil e prática de agilizar o crescimento de seu negócio e otimizar funções. 

De acordo com um levantamento realizado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) junto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), e divulgado pela revista Exame, 66% das PME´s estão entre os níveis 1 e 2 de maturidade digital, entre essas sendo 18% analógicas (nível 1), 48% emergentes (nível 2), 30% intermediárias no segmento (nível 3) e 3% líderes digitais (nível 4). Esses dados já demonstram a importância de implementar sistemas adequados e que comportem as funções necessárias para administração dos setores de cada empresa, de forma a se manter competitivo no mercado.

A pesquisa também mostra que o principal foco entre essas empresas que já possuem alguma maturidade digital é inovar mais rápido e colaborativamente. Desta forma, podemos entender que as PME´s estão mais abertas aos riscos para se adaptar às tendências das novas gerações, buscando mudanças em seus produtos e serviços e averiguando cada vez mais possibilidades de testar ideias diferentes. 

Outro fator que auxiliou na assimilação da relevância em manter um desenvolvimento tecnológico ativo foi a pandemia de coronavírus, na qual muitas indústrias se viram obrigadas a adaptar recursos de forma online para clientes e colaboradores. Mesmo com o mundo aos poucos voltando “ao normal”, a dominação do digital permanece e soluções de forma remota são cada vez mais valorizadas. 

Quais os recursos que podem ser úteis a essas empresas?

Juntamente com os avanços digitais, vêm surgindo cada vez mais ferramentas e softwares para auxiliar empresários que buscam alavancar seus negócios. Separamos alguns recursos e tendências abaixo:

 

  • Unificação de softwares: programas de organização, pesquisa e automação são formas de manter a organização e a rotina de trabalho. Muitas vezes são utilizados diversos desses programas, que geram tempo em integração e treinamento. Tendências de mercado já apontam que a unificação desses sistemas, de forma a disponibilizar uma plataforma única para acompanhar resultados da empresa, é uma forma de otimizar tarefas e facilitar a rotina, com o Business One e outras fontes de dados que permitem acompanhamento em tempo real em qualquer lugar;

 

  • Realidade Virtual e Realidade Aumentada: a primeira é baseada na imersão virtual em um ambiente, enquanto a segunda trata de trazer elementos virtuais para um cenário real. Ambas possibilitam maior contato com produtos e serviços, entendendo melhor seu funcionamento e aprimorando a experiência do cliente. Por esses motivos, traz benefícios para ambas, trazendo uma chance maior de certeza que está atendendo as necessidades daquele público e fortalecendo sua marca;

 

  • Ferramentas de automação: esses recursos permitem a agilização de processos, maior integração entre colaborador e empresa e fluxo de dados mais precisos. Desta forma, o gerenciamento da empresa torna-se muito mais eficaz;

 

  • Internet das coisas: utiliza sensores, redes e outros dispositivos para criar conexões entre a web e os objetos do cotidiano. Em palavras mais simples, está relacionada aos utensílios de nosso dia a dia que podem ser manuseados de forma digital, como por exemplo carros automáticos e smart homes. Dentro de uma empresa, facilitam o desempenho de líderes e funcionários;

 

  • Armazenamento em nuvem: ter todos os dados necessários para resolução de demandas dentro da nuvem é uma forma prática e segura de agilizar processos. Já não é mais necessário se deslocar a algum lugar para poder desempenhar uma tarefa com maestria. Onde estiver, consegue acessar tudo o que precisa de forma 100% remota;

 

  • Inteligência artificial: chatbots e outras formas de inteligência artificial já estão presentes há algum tempo em multinacionais, e estão cada vez mais ganhando espaço entre PME´s. É uma forma de agilizar atendimentos, direcionando o consumidor diretamente para a resposta que procura, sem a necessidade de abrir um chamado ou aguardar uma resposta mais demorada;

 

  • Contabilidade digital: soluções operacionais totalmente automatizadas permitem cálculos de gastos, recebimento e emissão de notas entre outras funções. Soluções de mercado como o sistema SOFICOM digitaliza atividades operacionais e aumenta a eficiência de equipes fiscais, contábeis e tributárias.

Uma matéria divulgada pela revista Forbes, baseada em um estudo divulgado pela empresa internacional de tecnologia Microsoft, destaca que mudanças vêm sendo adotadas nesse cenário pós-pandemia, com alguns hábitos prevalecendo nas empresas. O primeiro é a adesão às videoconferências. É perceptível que se economiza muito mais tempo sem a necessidade de deslocamento. Ferramentas de armazenamento em nuvem e trabalho remoto vem logo atrás entre os entrevistados. 

Mas, uma mudança perceptível e significativa, ocorre na adesão ao marketing digital como principal modo de divulgação entre as PME´s, substituindo propagandas tradicionais. A ressignificação das estratégias de venda, voltada ao público online, interfere ainda na remodelação do produto ou serviço oferecido. Para donos de pequenos negócios, esse é ainda um modo muito mais econômico de divulgação, uma vez que pode ser realizado diretamente nas mídias da empresa e alcança um público muito mais abrangente. A influência é tão forte que 92% dos entrevistados alegaram querer permanecer investindo em estratégias de marketing digital mesmo após a pandemia. 

Importância de ferramentas digitais para PME´s:

Os benefícios citados no artigo são nítidos, e as pequenas e médias empresas têm muito a ganhar aderindo a essas ferramentas tecnológicas. Maior integração e colaboração, fluxos mais precisos de informação, gerenciamento mais ágil e eficaz de processos e controle financeiro preciso e assertivo são algumas das vantagens que permitem ampla visão sobre o que ocorre dentro do ambiente de cada gestão.

Outra questão importante a ser pontuada é o aumento do desenvolvimento nessas empresas, destinando investimentos corretos para cada segmento e possibilitando expansão do alcance de cada negócio, com base em estratégias e gestão adequadas. Afinal, é possível alcançar mais agilidade nas tarefas, maior produtividade, economia e acessibilidade e maior controle sobre tudo o que ocorre na empresa. 

Investir  nessas ferramentas também para o setor de recursos humanos tem se tornado cada vez mais essencial, averiguando o perfil de cada colaborador ou candidato, podendo elaborar treinamentos e avaliar seu desempenho em cada tarefa destinada, que varia de acordo com as observações. 

 



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS