Integração de ERP com APIs: conheça as possibilidades
BLOG
Inovação

Integração de ERP com APIs: conheça as possibilidades

6 de julho de 2020

Se você deseja centralizar os dados da sua empresa e usar diversas ferramentas, para variadas finalidades, a integração de ERP com APIs é a solução ideal. Ao desenvolver essa atividade, os colaboradores da sua companhia terão acesso a tudo o que eles necessitam em um único local.

Sistemas como o SAP S/4HANA podem ser integrados com aplicativos, fazendo com que a sua empresa ganhe em agilidade e facilidade para a execução das tarefas. Tudo o que é burocrático será automatizado e você poderá ter muito mais foco para as atividades gerenciais do negócio.

Para saber mais sobre as possibilidades de integração de ERP com APIs, siga a leitura!

Entenda como é feita a integração de ERP com APIs

A integração de ERP com APIs é um processo simples de ser executado por quem já usa esses softwares. O funcionamento é o seguinte: as interfaces de programação de aplicações (API) são integradas à programação dos sistemas de gestão. De tal maneira, conforme os serviços são utilizados, as atualizações são feitas em tempo real.

Imagine, por exemplo, o RH de uma empresa, que precisa controlar a quantidade de dinheiro que um colaborador gasta em uma viagem e deverá ser reembolsado. Nesse caso, uma API de reembolsos pode ser integrada ao ERP, facilitando esse trabalho.

O mesmo ocorre em diversas outras aplicações. E-commerces podem fazer a integração de sistemas de pagamento online de produtos e de controle da logística, por exemplo. Assim, se garante que os dados do ERP fiquem acessíveis em outros programas e vice-versa.

De forma simples, podemos dizer que a API faz uma intermediação entre o seu ERP e outros programas complementares. De tal maneira, se concede a autorização para que os dados sejam trocados.

Confira 4 dicas práticas para fazer uma boa integração de ERP com APIs

Ao fazer a integração de ERP com APIs, alguns cuidados precisam ser tomados. Observe, a seguir, quais são os principais deles.

1. Entenda que as APIs tornam o setor de TI mais complexo

Assim como acontece com qualquer sistema utilizado na empresa, o controle das APIs será uma responsabilidade do setor de TI. Logo, a interface, orientação de uso, manutenção e outras atividades relacionadas a elas deverão ser realizadas por esses profissionais.

É preciso, portanto, preparar o time para isso, bem como fazer reforços, caso seja necessário. Assim, se garante que todas as operações da companhia sejam desenvolvidas com maestria.

2. Analise quais são as vulnerabilidades da API

Ao fazer a integração de ERP com APIs, também é necessário compreender quais são as vulnerabilidades que as ferramentas têm. A ideia é que se observe quais são as falhas operacionais e de segurança que podem ocorrer, para justamente evitar que elas aconteçam.

Para corrigir e monitorar vulnerabilidades nas APIs é desejável que se utilizem recursos como os firewalls e os endpoints. Essas ferramentas monitoram possíveis erros que possam tornar o sistema um alvo fácil para hackers, por exemplo.

3. Mantenha as APIs sempre atualizadas

Assim como o seu ERP deve ser sempre atualizado, o mesmo deve ser feito com as APIs. Elas precisam sempre ter a versão mais recente, pois é isso que garante um bom funcionamento das aplicações

Além disso, o uso de uma versão mais recente dos programas também contribui para a segurança das informações. Afinal, serão recebidas atualizações, que tornam a aplicação menos vulnerável aos ataques.

4. Faça a sincronização dos dados

Os dados do ERP e das APIs devem ser sempre sincronizados. Isso quer dizer que, quando algo é atualizado em uma plataforma, precisa ser também na outra, de forma automática.

Para que isso se efetive, o seu ERP precisa ser adaptado para promover a integração com APIs. A maioria dos sistemas já utiliza esse método de trabalho, facilitando as ações a serem desenvolvidas na organização.

Exemplos de  APIs que são possibilidades de integração com ERPs

Existem diversas APIs que podem ser incorporadas em um ERP. Listamos alguns exemplos, para que você conheça. Veja!

Plataformas de pagamento

Para as empresas que fazem vendas online, o ERP pode ser integrado à plataforma de pagamento. Assim, quando os clientes realizarem as compras, o valor pago já é contabilizado no financeiro.

Mapas e GPS

O setor de logística da empresa pode se beneficiar com a integração de mapas e GPS. De tal maneira, é possível acompanhar rotas de entrega de caminhões, por exemplo, para poder dar ao cliente, estimativas de recebimento para os produtos que ele adquiriu.

Workflows

APIs de workflows podem ser integradas, possibilitando que os processos ganhem agilidade na empresa. A ideia é que sejam enviadas notificações sempre que uma tarefa for concluída, evitando gargalos. Esse tipo de aplicação é muito utilizada em empresas em que as solicitações precisam passar por diversos decisores, por exemplo.

Plataformas de benefícios para os colaboradores

O RH das empresas também pode utilizar APIs que monitoram os benefícios para colaboradores, como o pagamento de vale-transporte e vale-alimentação, por exemplo. Tudo isso de maneira automática, sem que os processos se tornem cansativos ou repetitivos.

Esses são apenas alguns exemplos de aplicações de APIs, muitos outros poderão ser utilizados na sua empresa. É preciso buscar pelas soluções mais adequadas para o seu tipo de negócio.

Entendido como a integração de ERP com APIs facilita o dia a dia da organização? A Cast group pode ajudá-lo nesse processo! Temos uma equipe preparada para prestar a melhor consultoria para o seu negócio!

Entre em contato conosco agora mesmo e converse com um de nossos atendentes. Estamos à disposição!



Tags: API, ERP e INTEGRAÇÃO DE ERP
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS