A aproximação do RH com a área de TI
BLOG
Recursos Humanos

A aproximação do RH com a área de TI

7 de abril de 2020

As inovações tecnológicas vêm transformando o mundo dos negócios e, principalmente, o ambiente de trabalho, aproximando cada vez mais as ações do RH com a área de TI. Entretanto, ainda há desafios para aumentar essa colaboração.

Um levantamento feito pela Economist Intelligence Unit nos ajuda a compreender como essa transformação está acontecendo. 1.145 executivos de oito países, inclusive o Brasil, pontuaram os fatores que aumentam a motivação e o engajamento dos colaboradores. Observe:

O uso de recursos tecnológicos que impactam positivamente o dia a dia dos colaboradores — inclusive pelo RH — é citado por 41% dos executivos das empresas onde há altos índices de engajamento e produtividade como a mais importante. Ele se encontra atrás apenas da liderança, que é indicada por 59% dos entrevistados.

Citamos, dentre esses recursos tecnológicos, a Inteligência Artificial, os sistemas de recrutamento e seleção, as entrevistas por vídeo e os portais de gerenciamento que os trabalhadores têm acesso para atualizar dados, extrair holerite e conferir o ponto.

Esses números mostram como a área de Recursos Humanos necessita estar alinhada às estratégias da empresa, além de tornar-se moderna, inovadora e tecnológica. Veja quais tendências relacionadas a esse assunto existem e como aproximar o RH com a área de TI.

Tudo é uma questão de adaptação

Você não precisa ir longe para perceber que muitas empresas oferecem aos seus funcionários ferramentas tecnológicas defasadas em relação às que os consumidores têm acesso. Essa lacuna é uma realidade nas companhias!

Para estar alinhado às estratégias de sua organização, o RH deve garantir que os colaboradores tenham mais autonomia, além de experiência e engajamento melhores. Isso se torna possível por meio das ferramentas certas.

Quando há essa lacuna, ou as ferramentas não são bem escolhidas ou implementadas no ambiente de trabalho, o que se vê é uma experiência negativa no dia a dia dos profissionais — tanto em produtividade quanto em motivação.

O mesmo levantamento da Economist Intelligence Unit mostra que 40% dos executivos concordam em um aspecto: melhorias na experiência dos seus funcionários garantiriam um retorno positivo, ou seja, colaboradores mais produtivos e consequente aumento no faturamento e lucro da companhia.

Tudo é uma questão de adaptação!

Permitir que os colaboradores tenham facilidade para acessar informações necessárias para a realização de suas tarefas ou para trabalhar remotamente são fundamentais nesse contexto de aproximação do RH com a área de TI.

Basta que observemos a atual situação do planeta em relação à pandemia do novo coronavírus. Ela acelera a adoção do modelo no qual os funcionários cumprem suas tarefas em casa, longe do ambiente profissional. Trata-se de um caminho sem volta!

Essa é a afirmação de um estudo da empesa norte-americana Deloitte. À medida que a tecnologia muda o ambiente de trabalho, é provável sentir a evolução das funções, atividades, capacidades, além das estruturas e culturas organizacionais. A crise do novo coronavírus apenas está acelerando esse processo.

Tendências da aproximação do RH com a área de TI

Gestores de Recursos Humanos devem acompanhar esse movimento de evolução tecnológica e consequente aproximação do RH com a área de TI, pois ele fornece as ferramentas que possibilitam disseminar ações a favor das estratégias da companhia.

Listamos as principais tendências:

Gestão da informação e do conhecimento

A geração e transformação do conhecimento são constantes. Elas ocorrem porque há muita informação produzida e disponível, o que leva os indivíduos a refletirem mais vezes sobre diversos temas.

Essa dinamicidade torna o conhecimento rapidamente obsoleto, desafiando as empresas para que consigam acompanhar tendências e transformar informações em valores para si.

Ao RH, cabe assumir a gestão do conhecimento dentro da companhia por meio de experiências de aprendizagem. Treinamentos com gamificação, por exemplo, ensinam noções de lógica, liderança, decisão e criatividade.

Presença de profissionais sem vínculo exclusivo

A tradicional forma de trabalho sob as regras da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) abre espaço ao fornecimento de mão de obra com diferentes vínculos, ou seja, profissionais freelancers.

Essa tendência se mostra uma excelente solução para, por exemplo, o desenvolvimento de atividades com conhecimento e experiência específicos, principalmente que não fazem parte do core business da companhia.

A contratação ocorre para projetos específicos, livrando a organização da obrigatoriedade do pagamento de salários permanentes. Ao mesmo tempo, esses profissionais não precisam estar fisicamente a corporação.

Análise dos dados e indicadores de desempenho

A digitalização da rotina de trabalho permite a produção de dados a partir de diversas fontes, desde o ponto dos funcionários até o modo como eles operam as ferramentas disponíveis. Essa grande quantidade de dados deve ser observada com cautela.

O RH necessita entender como eles podem ser analisados para, a partir dos resultados, saber como determinadas ações serão criadas e executadas. Um bom exemplo diz respeito à retenção de talentos.

Torna-se mais preciso e objetivo para a equipe de Recursos Humanos criar ações direcionadas e com foco em problemas conhecidos do que fazer testes que podem não trazer os resultados desejados.

Automatização e Inteligência Artificial

Outra tendência da aproximação do RH com a área de TI é o aumento dos processos automatizados, caracterizados pela eficiência das ferramentas. Com eles, sobra mais tempo para o profissional de Recursos Humanos lidar com questões analíticas e estratégicas para o presente e o futuro da companhia.

Da mesma maneira, a Inteligência Artificial vem sendo implementada em diversos setores das empresas, inclusive o RH. Essas ferramentas colaboram para, além da automatização, encontrar padrões e gerar resultados satisfatórios.

Em recrutamento e seleção, por exemplo, são cruzadas as informações de comportamento dos candidatos com as competências necessárias para cada vaga — permitindo saber se a demanda será suprida.

Como aproximar RH e TI

RH e TI devem fazer um plano de ação para que estejam conectados. Essa aproximação pode acontecer de diversos modos, a partir de uma conversa sobre as necessidades da companhia ou a adoção de um novo software para gerir os recursos humanos.

Independentemente da forma escolhida, a integração necessita de um relacionamento próximo e de uma comunicação aberta. Por isso, como gestor de RH, identifique quais pontos do dia a dia de sua área podem ser beneficiados pelas soluções e conhecimentos de TI.

Essa conversa pode culminar na escolha dos melhores softwares para a gestão do capital humano, aumentando a produtividade dos colaboradores ou a retenção de talentos. Isso ocorre por meio de soluções para armazenamento e análise de dados, comunicação interna e até oferta de benefícios.

Mas não podemos esquecer que é o RH o responsável por armazenar todas as informações sobre os funcionários, portanto, qualquer tecnologia escolhida deve estar preparada para proteger dados.

Conheça as melhores práticas para profissionais de RH na transformação digital e unificar as melhores soluções para beneficiar tanto a empresa quanto os seus colaboradores.



 
Compartilhar

Você também pode gostar:





VER TODOS OS POSTS